Barreiras sanitárias impedem turistas vacinados de entrar em Uiramutã

Na última semana, a Prefeitura do município passou a exigir o cartão de vacina contra a Covid-19

Barreiras sanitárias impedem turistas vacinados de entrar em Uiramutã
Vídeo mostra momento no qual turistas são impedidos de entrar – Reprodução/WhatsApp

Barreiras montadas nas comunidades de Surumú e Urucuri, na Raposa Serra do Sol, em Uiramutã, têm impedido a entrada de turistas, mesmo após comprovação de vacinação contra Covid-19, exigido pela Prefeitura. Eles denunciaram a situação ao Roraima em Tempo neste domingo (15).

Douglas Araújo, de 25 anos, um dos turistas que teve a viagem frustrada pela barreira na manhã de ontem (14), afirma que há abuso por parte dos indígenas que controlam a entrada de turistas.

“Já estamos há duas semanas se programando para fazer essa viagem. O decreto pedia que a gente tivesse com a carteira de vacinação, ou, se não estivesse vacinado, pelo menos com o teste dizendo que você não está com covid e a gente estava com tudo isso”, relatou.

Além disso, ele relata que os indígenas que controlam a barreira estão escolhendo quem pode entrar ou não no município sem nenhum critério.

“A gente queria saber deles qual eram os critérios que eles estavam pedindo, a gente queria saber o porquê que a gente não poderia entrar e outras pessoas estavam entrando. Qual era o critério, entendeu? Porque a gente estava com tudo que o decreto pede”, explicou.

Ainda de acordo com o denunciante, os indígenas estavam armados e intimidando os turistas. “Teve foi muita humilhação lá, eles debochando da nossa cara, aquele poder de autoridade de polícia, como se eles fossem polícia. Eles com arco e flecha o tempo todo na mão, ameaçando que se a gente cruzasse a corrente eles iriam atirar na gente com arco e flecha”, contou.

Decreto Municipal

Na última semana, a Prefeitura de Uiramutã passou a exigir de turistas o cartão de vacina contra a Covid-19. A medida está em um novo decreto divulgado na última segunda-feira (9).

Conforme o prefeito Tuxaua Benísio (Rede), os turistas, bem como os não moradores da cidade, devem comprovar a imunização completa ou testagem da doença. O objetivo é proteger a população.

“Caso não possuam [cartão de vacina] deverão ser encaminhados para a Academia da Saúde”, diz o texto.

O prefeito diz que nos últimos 15 dias houve aumento de casos de coronavírus na cidade. Além disso, a procura pela vacina está baixa, o que não permite desfazer as restrições.

Citada

A reportagem entrou em contato com o Conselho Indígena de Roraima (CIR) para entender os critérios adotados pelas barreiras das comunidades indígenas para continuar impedindo a entrada de turistas vacinados no município de Uiramutã, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x