Boa Vista inicia vacinação contra a dengue nas escolas e amplia faixa etária do público-alvo para até 14 anos

Pais ou responsáveis devem assinar a autorização para que os filhos sejam vacinados; alunos também precisam apresentar caderneta, cartão do SUS ou CPF

Boa Vista inicia vacinação contra a dengue nas escolas e amplia faixa etária do público-alvo para até 14 anos
Foto: Divulgação PMBV

Alunos das escolas de Boa Vista receberam nesta segunda-feira (4), as primeiras doses de vacina contra a dengue, a Qdenga.

Além dos pontos fixos de imunização da cidade – Terminal Luiz Canuto Chaves e Parque Germano Augusto Sampaio – com atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, as equipes de saúde percorrem as unidades de ensino nos turnos da manhã e tarde.

De acordo com a secretária de educação e cultura, Consuelo Sales, inicialmente, equipes de imunização percorrerão unidades de ensino da área urbana, seguindo para zona rural e indígena. Para isso, os alunos devem apresentar caderneta de vacinação, cartão do SUS ou CPF, além da autorização assinada pelos pais ou responsáveis.

“Em Boa Vista são mais de 6.500 crianças em 55 escolas da rede municipal que atendem esse público. A gente pede aos pais e responsáveis para assinarem a autorização para que os filhos sejam vacinados, pois é importante que os alunos venham com esse termo de autorização assinado”, disse.

Público-alvo ampliado

Assim, a faixa etária do público-alvo foi ampliada e o município passa a vacinar crianças de 10 a 14 anos. Nesta primeira etapa de imunização nas unidades de ensino, as equipes percorrerão as escolas Maria Gertrudes Mota de Lima, Juslany De Sousa Flores, Raimundo Eloy Gomes e Luiz Canará. Segundo o coordenador de saúde, Romildo Azevedo, o cronograma leva em consideração o cenário epidemiológico local.

“Começamos pelas áreas quentes, que são justamente as regiões com maior incidência de casos de dengue. Então, a estratégia foi iniciar a vacinação pelas escolas que estão localizadas nas regiões consideradas endêmicas. No decorrer da imunização, a gente vai atender outras áreas, além de alcançar as escolas da rede estadual e privada. Conforme for chegando mais doses do Ministério da Saúde, o município vai ampliando mais a vacinação”, relatou.

Início do esquema vacinal

É importante alertar que a vacina contra a dengue não previne contra as outras arboviroses, como Zika e Chikungunya. Ou seja, mesmo com a vacina, todos os cuidados necessários para combater o mosquito Aedes devem continuar. Arthur Alves, 10 anos, levou a autorização assinada pela mãe para a escola e iniciou o esquema vacinal primário da Qdenga.

“Na semana passada, eu levei a autorização para casa. Minha mãe assinou e colocou a minha carteira de vacina na mochila. Hoje, eu entreguei tudo aqui e tomei a minha dose, pois sei que ela serve para eu não ir para o hospital por causa da doença. É para eu ficar protegido”, contou.

Próximas escolas

Na segunda etapa de vacinação, a imunização segue para as áreas de risco médio para dengue. As escolas Hilda Franco de Souza, Senador Darcy Ribeiro, Nova Canaã, Pingo de Gente e Professor Raimundo Rodrigues ficam localizadas nessas regiões. Já a terceira etapa, áreas verdes próximas as vermelhas, com a Escola Municipal Vovó Júlia, Delacir De Melo Lima e Jardim das Copaíbas.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x