Governo Federal autoriza retomada da obra do Centro de Radioterapia em Roraima

Investimento para continuação da obra é de R$ 15 milhões. Ministra da Saúde, Nísia Trindade, também anunciou a vinda de profissionais do ‘Mais Médicos’ para Boa Vista e a construção de policlínica em RR

Governo Federal autoriza retomada da obra do Centro de Radioterapia em Roraima
Foto: Bruna Alves

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, assinou nesta segunda-feira (17) a ordem de serviço para retomada da obra do Centro de Radioterapia do Hospital Geral de Roraima (HGR). O investimento do Governo Federal é de R$ 15 milhões.

A obra está localizada na rua Amsterdã, no bairro Aeroporto, em Boa Vista. A construção da unidade teve início em 2018, após o então presidente Michel Temer assinar a ordem de serviço em junho daquele ano. Contudo, a obra foi embargada no ano seguinte por divergências no projeto arquitetônico.

Dessa forma, cerca de 140 imigrantes venezuelanos usavam o local como residência. Eles foram realocados para abrigos da Operação Acolhida após decisão judicial.

Leia mais aqui:

De acordo com Nísia, o Ministério da Saúde adquiriu um equipamento chamado ‘acelerador’ usado no tratamento contra o câncer. A instalação vai ocorrer após o término das obras. O prazo é de seis meses.

“Uma das experiências que tive quando iniciei o trabalho no ministério foi de ver pessoas que precisam percorrer mais de 200kms para um tratamento que é tão vital para elas […] Para mim, é gratificante ver que será o primeiro acelerador em Roraima, no entanto, penso; nossa não podemos demorar assim, a dar uma atenção de qualidade, ainda mais quando falamos em tratamento de câncer às pessoas. Então, é um ponto de honra para mim e para o presidente Lula que sempre me pergunta como será o enfretamento da política contra o câncer e como é possível que ainda tenha tanto vazio assistencial no Brasil e isso não pode acontecer”, ressaltou.

Instituto de Prevenção de Barretos não faz tratamento em Roraima

O Instituto de Prevenção do Câncer, ligado ao Hospital de Amor de Barretos, não realiza tratamento em Roraima. A Fundação Pio XII inaugurou a unidade em junho de 2021. O intuito é o de atuar na prevenção da doença com realização de exames. Dessa forma, com diagnóstico positivo para câncer, o Instituto encaminha pacientes para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

No entanto, quem precisa de radioterapia tem que buscar tratamento em outros estados. Em alguns casos o Governo de Roraima concede o TFD. Entretanto, os pacientes enfrentam um novo desafio devido à demora na concessão do benefício.

Construção de policlínica

Do mesmo modo, o Governo Federal assinou com a Caixa Econômica Federal, um termo de compromisso para enviar ao Fundo Estadual, R$ 17 milhões para a construção de uma policlínica em Roraima.

A policlínica entre obra e investimentos de equipamentos, totaliza R$ 30 milhões do Governo Federal.

“O projeto é muito esperado e vai se estendendo por todo o Brasil em um Governo que acredita no Sus. Aqui hoje, assinamos a ordem para início desse trabalho. A policlínica entre obra e investimentos de equipamentos, totaliza R$ 30 milhões” explicou a ministra.

Outras ações do Governo Federal

A ministra ressaltou outras ações do Governo Federal para o estado. Ela disse que vai ocorrer a retomada do programa ‘Brasil Sorridente’ onde unidades móveis que ofertam serviços odontológicos à população vão estar disponíveis.

“Quero completar com alguns dados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que são importantes. A partir dos pedidos dos municípios, existe a construção de Unidades Básicas de Saúde tanto para Boa Vista que são duas, mas também em Alto Alegre e Uiramutã […] teremos também, unidades odontológicas móveis. Firmamos um compromisso de retomar o programa ‘Brasil Sorridente’ e para Roraima, nós vamos ter cinco unidades odontológicas móveis. A saúde tem sido apontada como uma das maiores preocupações e esse é o nosso entendimento, bem como do presidente Lula”, finalizou a ministra.

Além das duas UBSs que já estão em construção, Boa Vista também vai ganhar mais profissionais por meio do programa ‘Mais Médicos’. O secretário de Saúde Municipal, Luiz Renato Maciel disse que com o apoio, há o fortalecimento dos cuidados na atenção básica.

“Vão ser encaminhados mais cinco médicos por meio do programa Mais Médicos e o resultado são serviços mais dignos e com qualidade à população”, finalizou Luiz.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x