Incentivo à cultura: Boa Vista contempla 260 projetos com a Lei Paulo Gustavo

Capital é o primeiro município do estado a entregar o resultado da aplicação da lei

Incentivo à cultura: Boa Vista contempla 260 projetos com a Lei Paulo Gustavo
Foto: Andrezza Mariot/Semuc/PMBV

Boa Vista contemplou 260 projetos culturais nos mais diversos setores com a Lei Paulo Gustavo. Segundo a prefeitura do município, seguir corretamente todo o cronograma é reflexo de compromisso e respeito com os artistas da capital.

Todas as etapas de execução ocorreram através da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), por meio de escutas coletivas e audiências públicas. Dentro da política de editais foram aprovados 76 projetos audiovisuais e 185 agentes em diversas áreas artísticas.

“O propósito é que os projetos da Lei Paulo Gustavo ocupem a cidade de maneira significativa. Os resultados desse investimento vão repercutir na sociedade através de peças de teatro, espetáculos de dança, de ciências, filmes, curtas metragens, produções de roteiro, exposições e tantas outras linguagens culturais”, disse o presidente da FETEC, Dyego Monnzaho.

Execução dos projetos

Todos os projetos terão acesso aos recursos para que, dentro do período de um ano, possam executar suas atividades culturais. Milena Makuxi, que já contabiliza sete anos de carreira e um currículo extenso, foi uma das contempladas. Seu projeto é “2ª Edição – Esquina Livre”, um evento que destaca o protagonismo indígena.

“O apoio da prefeitura facilitou muito todo o processo do edital, pois é uma iniciativa que possibilita a criação de trabalhos artísticos de forma planejada. O meu objetivo é valorizar ainda mais os artistas independentes do estado, e mostrar nossa cultura para o país inteiro”, disse Milena.

Da mesma forma, no audiovisual, um dos 76 projetos contemplados foi o do rapper Bzack. Nomeado como “Baixada”, o objetivo é trabalhar o funk, com uma música produzida pelo artista. “Esse é meu primeiro projeto e foi importante para mim, como artista, conseguir encaixá-lo e ter o apoio financeiro para levar nossa arte para todos os cantos. Tenho certeza que isso vai ser muito positivo para a cultura local”, disse Bzack.

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x