Pesquisa aponta que 46% dos brasileiros destinam dinheiro para shows e festivais de música

62% dos brasileiros têm o costume de ir, pelo menos uma vez ao ano, em concertos de artistas nacionais e 27% se programam para ir a shows internacionais

Pesquisa aponta que 46% dos brasileiros destinam dinheiro para shows e festivais de música
Foto: Três Comunicação e Marketing

Bruno Mars, Iron Maiden, Twenty One Pilots são alguns dos grandes nomes da música internacional que retornam ao Brasil nos próximos meses. O shows dessas bandas e artistas está contribuindo para uma mudança no cenário de eventos do país. O Serasa traçou uma radiografia financeira, para investigar esse ciclo de anúncios que movimenta a economia e mobiliza multidões de fãs.

Conforme o estudo, realizado em parceria com o instituto Opinion Box, 62% dos brasileiros têm o costume de ir, pelo menos uma vez ao ano, em concertos de artistas nacionais e 27% se programam para ir a shows internacionais.

Em relação ao planejamento financeiro, 56% dos consumidores que vão a shows sempre se planejam com antecedência. A pesquisa aponta também que 46% costumam poupar ou investir algum dinheiro para destinar a esses gastos. No entanto, 6 em cada 10 pessoas tem o hábito de comprar os ingressos menos de um mês antes do show acontecer.

De acordo com a Clara Aguiar, especialista em educação financeira da Serasa, a dica para essas pessoas é que se organizem financeiramente para participsar dos eventos.

“Temos acompanhado um volume significativo de artistas e bandas retornando aos palcos depois da pandemia. Paralelo aos anúncios, novos gastos dos fãs que se encontram cada vez mais ansiosos para participar desses reencontros”, explica.

Principais gastos com shows e festivais

Segundo o levantamento, 7 em cada 10 entrevistados afirmam que o maior valor já pago para assistir a um show foi de até R$300. Da mesma forma, outros 70% dizem que não pagariam mais do que esse valor em um ingresso.

Durante a realização do evento, os gastos mais comuns são com alimentação e bebidas (68%), em uma média de até R$200 por concerto. Em relação a shows em cidades distantes e que envolvem longos deslocamentos, os principais gastos para quem precisa viajar são relacionados a alimentação fora do show, hospedagem assim como gasolina, totalizando uma média de até R$1.000 por pessoa.

Oportunidades de crédito para shows e festivais de música

No momento da compra do ingresso, o cartão de crédito é a principal forma de pagamento preferida pelos consumidores (48%), seguido pela transferência via Pix. Entre quem compra com o cartão, 59% revelam parcelar apenas se encontrar opções sem juros nas plataformas de venda.

“O parcelamento pode ser uma boa ferramenta de organização financeira, quando adotado com planejamento e consciência”, afirma Clara. “Dessa forma, para evitar aquela bola de neve ao se enrolar com as várias parcelas, o consumidor pode utilizar uma planilha para anotar todos os gastos – com shows e outros segmentos -, e organizar os valores ao longo dos meses”.  

Abrigando diversas oportunidades entre parceiros dos principais shows e festivais no Brasil, a Serasa oferece um marketplace que une quem está buscando crédito às melhores ofertas do mercado. Para saber mais sobre o Serasa Crédito e descobrir os melhores cartões para os fãs de música, clique aqui.

Metodologia

A pesquisa Opinion Box e Serasa sobre planejamento e gastos com shows no Brasil entrevistou 1.398 pessoas, em março de 2024.

Sobre a Serasa 

Com o propósito de revolucionar o acesso ao crédito no Brasil, a Serasa oferece um ecossistema completo voltado para a melhoria da saúde financeira da população por meio de produtos e serviços digitais.   Mais informações em www.serasa.com.br e via redes sociais no @serasa.  

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x