Prefeitura de Boa Vista inicia recadastramento de idosos e PCDs para o uso da biometria facial no transporte público

Tecnologia proporciona mais segurança, agilidade, conveniência e auxilia na prevenção de fraudes

Prefeitura de Boa Vista inicia recadastramento de idosos e PCDs para o uso da biometria facial no transporte público
Recastramento para idosos e PCD – Foto: Diane Sampaio/PMBV/Semuc

A Prefeitura de Boa Vista iniciará na próxima segunda-feira (22), o recadastramento dos passageiros que têm direito à gratuidade total ou parcial. O objetivo é habilitar a biometria facial. A ação ocorre em parceria com a Cidade de Boa Vista Transportes Urbanos, empresa responsável pelo transporte público coletivo na capital.

Os antigos validadores de bilhetagem eletrônica estão em fase de substituição por equipamentos com a nova funcionalidade. Anteriormente, o dispositivo servia para o cidadão passar o cartão para liberar a catraca presente nos ônibus.

O recadastramento é obrigatório para todos os beneficiários da gratuidade, que incluem idosos acima dos 65 anos, pessoas com deficiência (PCDs) e estudantes. Atualmente, cerca de 6 mil pessoas têm acesso à gratuidade total em Boa Vista, sendo 3 mil idosos e 3 mil PCDs. Os atendimentos devem começar por este público. 

Atendimentos para o recadastramento

Os atendimentos serão na sala da fiscalização de transporte, no Terminal de Ônibus Urbano – José Campanha Wanderley, no Centro de Boa Vista, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. O cidadão deve ter em mãos o RG, CPF e comprovante de residência. No caso de PCDs, também é necessário apresentar um laudo médico.

Tanto os idosos, como o público PCD, terão até o dia 29 de fevereiro para fazer o recadastramento. Porém, dividiram os idosos em dois grupos, de acordo com a faixa etária, e devem seguir um cronograma específico:

  • Pessoas acima de 70 anos terão entre os dias 22 de janeiro e 3 de fevereiro para comparecer ao terminal.
  • Já os com idade entre 65 e 70 anos, faixa etária na qual se concentra boa parte dos beneficiários, o atendimento será entre os dias 5 e 29 de fevereiro.   

Mais segurança

O novo sistema reconhece a identidade da pessoa a partir de uma imagem capturada pela câmera integrada ao aparelho. Ou seja, ocorre uma comparação da imagem com a foto do cadastro do usuário e, se houver compatibilidade, liberará o acesso. Caso ao contrário, podem bloquear o cartão e o usuário pode receberá uma notificação.

De acordo com a diretora de mobilidade urbana em exercício da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Emhur), Elida Rodrigues, outras cidades do Brasil e do mundo já utilizam a tecnologia que proporciona mais segurança, agilidade, conveniência e auxilia na prevenção de fraudes. 

“Os novos validadores já estão instalados nos ônibus. Esse recadastramento é necessário para que eles comecem a ser utilizados. Se por um acaso o idoso ou PCD perder o cartão e outra pessoa achar, a biometria facial vai impedir o uso indevido, garantindo que apenas o titular seja reconhecido”, explicou.

Estudantes

Já os estudantes que utilizam o transporte público coletivo contam com desconto de 50% na tarifa e também devem fazer o recadastramento. Após o início do ano letivo, a Emhur e a empresa concessionária irão definir um calendário para o recadastramento deste público e divulgará as datas assim que possível.

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x