Prefeitura estima prejuízo de R$ 400 mil com furto de cabos de energia

Conforme o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, os furtos têm se tornado cada vez mais frequentes

Prefeitura estima prejuízo de R$ 400 mil com furto de cabos de energia
Poste de energia Foto: : Divulgação/Minamar Júnior

O furto de cabos de cobre em Boa Vista já causou o prejuízo de aproximadamente R$ 400 mil aos cofres públicos somente nos oito primeiro meses deste ano, afirmou o secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Daniel Peixoto.

O secretário deu a declaração em entrevista à Rádio 93 FM na tarde de hoje (20). Conforme o Peixoto, os furtos têm se tornado cada vez mais frequentes.

“Todo dia tem furto de cabo, todo dia tem problema, quando não é furto de cabo eles cortam e deixam apagado para ser roubado outro dia”, contou.

Além disso, ele explica que além de prejuízo aos cofres públicos, o sistema energético de Boa Vista, de abastecimento de água e até mesmo a segurança da população fica comprometida devido aos furtos de cabos.

“É um negócio muito assustador. Escola que era para ser inaugurada e não inaugurou porque tinham roubados os cabos. […] É um negócio muito, muito estranho isso que está acontecendo”, relatou.

Nesse sentido, o secretário relata que para conseguir impedir os furtos de cabos de energia, é preciso fazer um mapeamento nas casas de ferro velho da procedência do cobre.

“Tem que ver a procedência disso: quem comprou? Quem vendeu? Porque é muito estranho. Nós já tivemos um prejuízo aí bem grande com relação a colocação de novos cabos e não é barato isso”, explicou.

Ainda de acordo com Daniel Peixoto, é preciso apoio da população para descobrir os responsáveis pelos roubos dos cabos. Para isso, os moradores podem fazer denuncias no número 156.

A pena para quem for pego furtando pode variar de seis meses à três anos de prisão e ainda render multa, conforme o artigo 163 do Código Penal Brasileiro.

Furto de cabos da Caer

O poço artesiano da Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) no bairro Centenário teve a fiação elétrica furtada pela segunda vez em uma semana.

A Companhia divulgou a informação na manhã de ontem (19). O poço fica localizado na subestação da rua Engenheiro Carlos Geraldo.

Segundo a Caer, o primeiro furto ocorreu em plena luz do dia, na sexta-feira (17),  e causou um curto circuito no painel de comando. Conforme informações, o curto queimou uma bomba.

Uma equipe fez a substituição da fiação e colocou uma nova bomba para restabelecer a produção do poço.

Porém, neste domingo, equipes do ronda de plantão detectaram um novo furto. A instituição designou uma equipe para fazer a manutenção e reativar o poço artesiano o mais rápido possível.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x