Produtores do Jardim das Copaíbas vão receber implementos agrícolas pela Prefeitura de Boa Vista

Na região, os produtores cultivam acerola, graviola, goiaba, limão, caju, manga, entre outros; desde 2021, a Prefeitura já investiu mais de R$ 30 milhões na agricultura familiar

Produtores do Jardim das Copaíbas vão receber implementos agrícolas pela Prefeitura de Boa Vista
Foto: Divulgação PMBV

Como forma de incentivar e fortalecer a agricultura familiar em Boa Vista, cerca de 40 produtores da Associação Agroindustrial dos Produtores Rurais do Jardim Das Copaíbas serão beneficiados por meio do Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA). A medida foi apresentada nesta sexta-feira, (23) durante reunião com técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAAI).

Dessa forma, os produtores receberão insumos e implementos agrícolas disponibilizados pela Prefeitura de Boa Vista. Segundo o secretário adjunto da SMAAI, Cezar Riva, durante a reunião foram apresentadas informações técnicas aos produtores sobre como ter acesso aos benefícios, que contribuirão de maneira efetiva para o aumento da produção.

“A associação já existe há mais de 20 anos e faz um importante trabalho com a plantação de frutíferas perenes. Recentemente, esses produtores nos procuraram, solicitando apoio com informações e serviços, para que possam alavancar suas produções. Prestaremos assistência, disponibilizando via PMDA os insumos necessários, bem como o serviço de máquinas e implementos agrícolas. Além disso, os agricultores também poderão ter acesso ao programa de kits de irrigação com energia fotovoltaica”, explicou.

Incentivo aos produtores

Na região, os produtores cultivam acerola, graviola, goiaba, limão, caju, manga, macaxeira e hortaliças. Conforme o presidente, Elias José Dionísio, o benefício da prefeitura veio em boa hora. “Temos uma necessidade muito grande de implementos e insumos para impulsionarmos nossa produção, pois muitos de nós têm dificuldades em produzir. Esse apoio é mais que necessário”, contou.

Joedna da Silva, cofundadora da associação, disse que em sua propriedade cultiva abóbora, macaxeira e feijão-verde. E com o apoio da prefeitura, por meio do PMDA, as expectativas são as melhores. “Esse apoio técnico vai ser muito bom. Porque, realmente, tem muita coisa que a gente não sabe. Agora, teremos mais conhecimento antes da produção e na hora da colheita”, disse.

Investimento no agro

Desde 2021, a Prefeitura de Boa Vista investiu mais de R$ 30 milhões na agricultura familiar, beneficiando produtores das áreas rural e indígena. Foram entregues diversas obras de infraestrutura, novas estradas, pontes e algumas vicinais receberam asfalto pela primeira vez, fortalecendo o turismo e facilitando o escoamento de produtos. Este setor, por sua vez, teve importantes conquistas como a tecnologia, equipamentos de ponta, tanques, insumos e assistência técnica. Sem falar da maior feira de agricultura familiar – a AGROBV.

PMDA é símbolo de desenvolvimento

O lançamento do programa ocorreu em 2018. Assim, a proposta é oferecer condições seguras aos produtores com aplicação de tecnologia moderna, de forma a garantir o melhor desempenho produtivo nas lavouras. Desde então, já foram atendidas 1.263 famílias. O edital do PMDA 2024 já foi publicado e, com isso, iniciado o processo de cadastramento dos agricultores interessados em participar.

Quem adere ao PMDA recebe todos os insumos e assistência técnica necessária para trabalhar nas lavouras e ainda contam com prazo estendido para quitar seu custeio com a prefeitura, além de terem 50% de subsídio como incentivo de produção. A ideia do PMDA é fazer com que os produtores se tornem autossustentáveis e possam com o passar do tempo ampliar sua área de plantio, gerando riquezas e melhorando sua qualidade de vida.

Por fim, em 2022, o programa evoluiu com a criação do PMDA Irrigação, que tem como finalidade oferecer ao produtor kits de irrigação. Tendo a energia solar como fonte de alimentação para acionamento de motobombas.

Além disso, o sistema permite a produção com regularidade durante todo o ano. Com custo muito inferior ao mecanismo tradicional, que utiliza motores à combustão ou que consomem energia elétrica fornecida pela distribuidora.

Foto: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x