Roraima Energia e Caer trocam acusações sobre ligação elétrica em poço

Empresa diz que Caer tem dívida de R$ 354 milhões, e que pedido é ‘vergonhoso e imoral’

Roraima Energia e Caer trocam acusações sobre ligação elétrica em poço
Justiça deu prazo para Roraima Energia fazer ligação elétrica – Foto: Divulgação/Caer

A Roraima Energia criticou a Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) após a estatal pedir uma ligação elétrica em um poço artesiano no bairro São Bento, em Boa Vista

A empresa disse que o pedido é “vergonhoso e imoral”. Por outro lado, o presidente da Caer, James Serrador, defende o serviço como “essencial”.

O conflito entre as empresas começou ontem (25). De manhã, a Caer foi ao local, chamou a imprensa e criticou a concessionária pela falta do serviço.

“Esse poço não está ligado porque há mais de 20 dias a Caer solicitou uma extensão de 140 metros de rede para que o poço seja ligado e forneça água”, fala em vídeo.

Em seguida, a Roraima Energia rebateu as declarações. A empresa lembrou que a Caer deve mais de R$ 354 milhões em contas de energia desde o ano de 2005.

“Vir a público demandar uma distribuidora de energia fortemente regulada, usando o escudo de essencialidade do serviço para se eximir-se de sua responsabilidade de adimplir com seus débitos é vergonhoso e imoral”, disse.

Nesse sentido, a empresa diz que a ligação no poço coloca em risco “a qualidade e o fornecimento de energia”.

“A Roraima Energia precisa investir no sistema de distribuição, o que fica inviável sem o recebimento pelos serviços prestados, restando o enriquecimento sem causa”, acusa.

Anteriormente, na última terça-feira (24), a Caer pediu a Justiça que mandasse a Roraima Energia fazer a ligação.

A juíza Rafaelly Lamperte concedeu a liminar ontem, e determinou uma multa diária no valor de R$ 5 mil em caso de descumprimento.

Citados

Ao Roraima em Tempo, a Roraima Energia afirmou que ainda não foi notificada da decisão.

Já a Caer disse que firmou acordo com a empresa de R$ 260 milhões. Além disso, afirma que não vai se pronunciar sobre outros valores que estão sendo discutidos.

Por Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x