Roraima registrou alta de 50% nos casos de feminicídios em 2020

Casos de feminicídio representam 56% de todos os homicídios cometidos contra mulheres ano passado

Roraima registrou alta de 50% nos casos de feminicídios em 2020
Imagem ilustrativa – Foto: Divulgação

Roraima registrou alta de 50% em casos de feminicídios em 2020, se comparado ao ano de 2019. O 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública publicou os dados nesta quinta-feira (15).

De acordo com os dados, nove mulheres foram vítimas de feminicídio em 2020, enquanto que no ano anterior seis casos foram registrados. O número representa 56% de todos os homicídios cometidos contra mulheres no estado, 16 no total.

Conforme relatório, Rondônia registrou o maior aumento no número de feminicídios, com alta de 100%. Em seguida aparece Mato Grosso que teve acréscimo de 58%. Roraima ocupa o terceiro lugar na lista.

Houve ainda aumento de 47% no número de casos de violência doméstica em Roraima, passando de 482 em 2019 para 709 em 2020.

Ainda segundo o documento, o Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) concedeu mais de 1,5 mil medidas protetivas no ano passado. O número representa redução de 18,6% em comparação ao ano anterior quando o TJRR concedeu mais de 1,9 mil medidas.  

Estupro

O estado também registrou 118 casos de estupros contra vítimas do sexo feminino em 2020. Já em 2019, Roraima chegou a 116 casos notificados, ou seja, subiu 1,7%. Em relação ao estupro de vulnerável, o número ampliou de 198 para 238.

Assédio

O Anuário contabilizou ainda, acréscimo de 53% no número de casos de assédio em Roraima. Conforme os dados, o estado chegou a 69 casos em 2020, contra 45 em 2019. De acordo com o documento, assédio é todo tipo de comportamento de caráter sexual, não solicitado pela vítima, com o objetivo de constranger ou criar um ambiente hostil.

Por Bryan Araújo

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x