Ministério da Justiça inclui Roraima em plano combate a incêndios

Estratégia envolverá prevenção de queimadas e outros crimes ambientais

Ministério da Justiça inclui Roraima em plano combate a incêndios
Operação Guardiões do Bioma deve começar conforme necessidade dos estados – Divulgação

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) incluiu Roraima na lista de estados que receberão a Operação Guardiões do Bioma. A ação é uma iniciativa do Plano Estratégico de Combate a Incêndios Florestais.

Os trabalhos devem iniciar no período de agosto a novembro deste ano, conforme as demandas de cada estado.

Além de Roraima, a operação ocorrerá no Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Para, Rondônia, bem como em Tocantins.

Ações Previstas

Lançado nessa quinta-feira (22), o plano tem o apoio dos ministérios do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Regional, além do Conselho Nacional do Corpo de Bombeiros, assim como das secretarias de cada estado.

Na ocasião, serão realizados monitoramento e diagnóstico de riscos, reuniões, elaboração, revisão e validação de planos, matrizes e protocolos integrados.

Além de ser o gestor da ação, o Ministério da Justiça fará o pagamento das diárias para bombeiros e policiais militares ambientais que irão compor o efetivo.

Efetivo

A estratégia envolverá cerca de seis mil profissionais na prevenção, repressão e investigação de ocorrências relacionadas a queimadas e outros crimes ambientais.

Deste total, 200 são bombeiros e policiais militares da Força Nacional de Segurança Pública, 1.642 do PrevFogo/Ibama, enquanto 1.427 são brigadistas do ICMBio.

Há também a participação de 1.570 bombeiros e policiais militares ambientais e mais 900 bombeiros de outras unidades da federação para reforçar o efetivo.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x