Loja móvel conquista simpatia de clientes durante pandemia em Boa Vista

Levar a mercadoria até o cliente foi a opção que Romário encontrou para superar a crise econômica na pandemia

Loja móvel conquista simpatia de clientes durante pandemia em Boa Vista
Loja leva a mercadoria até as residências dos clientes – Foto: Rosi Martins/ Roraima em Tempo

Os desafios trazidos com a pandemia do coronavírus afetaram a vida de cada cidadão que vive no planeta Terra. Contudo, entre as mais de 7,6 bilhões de pessoas desse mundo, existe o Romário Santos Carvalho, que superou a crise econômica e se reinventou para sobreviver e, também, para atender os clientes que estavam receosos no início difícil e confuso da pandemia em Boa Vista.

Depois de enfrentar dificuldades financeiras, ele teve a ideia de vender roupas infantis, mas precisava desenvolver uma estratégia para chamar a atenção dos clientes que não queriam ter contato algum devido ao medo de contrair o temido vírus.

Inicialmente, Romário teve a ideia de comercializar as confecções em malas, porém a dificuldade do manuseio dificultou o negócio e ele teve que buscar outra alternativa.

O comerciante disse que sentou no sofá com a esposa Verônica Oliveira, e os dois, juntos, pensaram nas possibilidades que poderiam potencializar o negócio.

“A gente parou para pensar na questão das malas e viu que não dava para trabalhar daquela forma. Então a gente sentou no sofá, pois ela foi quem me incentivou. Então decidimos que teríamos que comprar um furgão ou uma van. Foi aí que nasceu o projeto de montar uma loja móvel. Agora está esse sucesso aí e acredito que vai ser mais sucesso ainda”, relatou.

Homenagem a Roraima

Então Romário adquiriu o transporte e resolveu vender quatro conjuntos infantis por R$ 100 reais, sem taxa de entrega em Boa Vista. Logo, ele adquiriu a famosa ‘maquininha’ para abranger o maior número possível de clientes.

Mas antes, desenvolveu sua marca chamada R4 Kids, na qual o ‘R’ é uma homenagem a Roraima e o ‘4 Kids’ em alusão aos quatro conjuntos infantis por R$ 100.

Romário fechando a loja móvel após fazer uma entrega no bairro dos Estados em Boa Vista – Foto: Rosi Martins/Roraima em Tempo

Dessa forma, a loja móvel com o carro customizado anda por toda a cidade chamando a atenção e atendendo aos clientes, que além de economizarem, não precisam sair de casa para garantir as vestimentas dos filhos, diminuindo o risco de contato com outras pessoas ou com objetos e produtos em lojas que possam transmitir o coronavírus.

Apaixonado pelo trabalho que deu certo, o empreendedor quer agora adquirir um veículo maior. Ele disse que com mais espaço vai “acomodar melhor o cliente que vai ficar mais a vontade na hora de escolher os itens”.

Internet

Para potencializar as vendas, Romário, além da esposa Verônica de Oliveira, contou com uma outra grande aliada: a internet. Ele começou a divulgar a promoção e os produtos em grupos de classificados nas redes sociais e em aplicativos de vendas pela internet.

“Eu particularmente não sei mexer muito no Instagram. Já no Facebook eu tenho grande habilidade porque lá é mais fácil e eu tenho conquistado bastante clientes, por que eles vão lá naquela ‘casinha’ onde ficam salvas as fotos dos nossos conjuntos”explicou.

A ideia foi um verdadeiro sucesso e consolidou o empreendimento do rapaz. Agora, o jovem faz agendamentos para atender a quantidade de clientes que aumentou exponencialmente.

Apesar de ter superado os desafios impostos pela Covid-19 durante esse um ano e meio, Romário não esquece a dificuldade que passou no início e segue demonstrando gratidão.

“Eu sou sozinho em Roraima e constitui minha família aqui. Graças a Deus vai fazer onde anos que vivo trabalhando aqui” concluiu.

Por Rosi Martins

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x