Após denúncias de assédio moral, Sejuc divulga afastamento de policiais penais

De acordo com o Sindicato da categoria, a divulgação de informações é uma forma desqualificar o trabalho dos profissionais. Policiais Penais vão se reunir neste terça-feira (19) em manifestação em frente a Assembleia para exigir a saída da atual gestão

Após denúncias de assédio moral, Sejuc divulga afastamento de policiais penais
Policiais penais durante o trabalho – Foto: Divulgação/Sejuc

Após policiais penais denunciarem na Rádio 93 FM que foram vítimas de assédio moral nas unidades prisionais do Estado, a Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), divulgou o afastamento de oito profissionais.

Entenda

Os policiais denunciaram a situação na última sexta-feira (15). De acordo com a presidente do Sindicato dos policiais penais de Roraima, Joana Dark, as policiais penais por exemplo, recebem ordens que não cabem às funções das servidoras.

Além disso, há casos de humilhações, má alimentação e oferta de condições inadequadas para o descanso dos profissionais. E citaram o Diretor do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) João Batista, como a pessoa que assedia moralmente as servidoras.

Acontece que após a denúncia, a Sejuc também divulgou que oito policiais estão afastados de suas funções para apuração de procedimentos administrativos disciplinar.

Afastamento dos policiais

Acontece que após a denúncia, a Sejuc também divulgou a informação que oito policiais foram afastados de suas funções. O motivo, segundo a secretaria, é apurar procedimentos administrativos disciplinar para casos de negligência à detentos da Penitencia Agrícola de Monte Cristo (PAMC).

Em imagens divulgadas nas redes sociais, mostram um dos presos sendo carregado por dois internos. O detento aparece aparentemente desacordado e é colocado dentro de uma das celas juntamente com outros internos.

Do mesmo modo, em um outro vídeo, mostra o momento em que os policiais atiram um gás dentro da ala prisional, aparentando ser gás lacrimogênio, usado por policiais em casos de tumulto, No entanto, não seria o caso no vídeo, já que os presos aparecem sentados e sem qualquer reação.

Conforme Joana Dark, somente a Sejuc tem acesso às imagens. Além disso, o sindicato classifica a divulgação das imagens como uma forma de desqualificar o trabalho dos policiais penais perante a população.

“Coincidentemente, depois que estivemos na Rádio 93 FM e que trouxemos à tona a questão do assédio moral envolvendo a gestão da Sejuc, circulam vídeos que só a Sejuc tem acesso. Precisamos que a Justiça se posicione porque houve a exposição dos policiais penais suspostamente negligenciando atendimento a um preso, o que não é verdade. O protocolo que aparece no vídeo é normal. Esse preso tem problemas epiléticos e teve que se retirado de dentro da cela e colocado na contenção, no entanto, isso o vídeo não está mostrando“, explicou.

Do mesmo modo, Joana ressaltou as denúncias de assédio. “Chega. Basta de abuso contra a categoria. Sociedade de Roraima, não se deixe enganar. Se o preso hoje não tem atendimento digno e humanizado a culpa não é da Polícia Penal, a culpa é Governo do Estado que não dá condições necessárias para que o policial trabalhe de forma digna“.

A reportagem procurou a Sejuc para posicionamento sobre o assunto. Por meio de nota, confirmou a informação do afastamento dos profissionais. E disse que encaminhou o caso ao Ministério Público, Defensoria Pública e Vara de Execução Penal do Tribunal de Justiça. Dessa forma, vai apurar o caso conforme os trâmites legais.

Manifestação

Por fim, a categoria disse que em um ato de manifestação, vai se reunir nesta terça-feira (18), às 8h, em frente a Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

Amanhã os policiais penais vão está concentrados em frente a Assembleia para exigir o afastamento dessa gestão covarde que tanto tem massacrado e assolado os nossos policiais penais”, finalizou Joana.

Fonte: Rádio 93 FM

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x