Dupla é presa pela Polícia Civil por roubos em Boa Vista

Polícia Civil também apreendeu uma arma e duas munições

Dupla é presa pela Polícia Civil por roubos em Boa Vista
Dupla foi presa ontem em Boa Vista – Divulgação/Polícia CIvil

Uma dupla foi presa ontem (11) por cometer assaltos em Boa Vista. A Polícia Civil também apreendeu uma arma e duas munições.

Conforme o delegado Clayton Ellwanger, no dia 14 de junho, uma das vítimas marcou encontro por meio de rede social com um dos suspeitos e o convidou para ir até a casa dele, no bairro Mecejana.

O homem chamou o motorista por aplicativo para o suspeito, mas cancelou a viagem, pois o endereço era diferente do que ele havia indicado.

Em seguida, o criminoso informou à vitima que havia pedido outro veículo. Ao chegar à residência, a dupla anunciou o assalto e exigiu dinheiro, cartões e as senhas.

Além disso, levaram celular, notebook, relógios, joias, óculos de sol e uma mochila.

Segundo o relato, os criminosos disseram que voltariam para matar a vítima, caso não conseguissem utilizar os cartões. O homem ficou trancado em um quarto da casa, conseguiu fugir e registrou o caso na delegacia.

Após o crime, a polícia iniciou as buscas pelos suspeitos que foram presos nessa quarta-feira.

“Os dois homens gastaram cerca de R$ 500 da vítima. Contudo, o circuito de segurança registrou quando eles usavam os cartões roubados”, relata o delegado.

A equipe policial esteve na casa dos criminosos e apreendeu um revólver calibre 22, duas munições intactas. Além disso, encontraram uma balança de precisão, dois relógios, um cartão bancário e plásticos para embalar drogas.

Em 2020

Os suspeitos também cometeram outros dois crimes na capital. Sendo um deles, em março de 2020, quando assaltaram uma fábrica de arroz localizada no bairro Distrito Industrial.

A dupla roubou R$ 7 mil, além de quatro telefones celulares. Conforme a Civil, eles usaram uma arma para ameaçar os funcionários que estavam no local.

Após o crime, os servidores divulgaram as imagens das câmeras de segurança nas redes sociais. Desse modo, um dos criminosos que usava uma camisa do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RR) foi identificado e denunciado.

Neste ano

No dia 20 de janeiro deste ano, o mesmo suspeito participou de um roubo no bairro Jóquei Clube.

Durante o crime, ele fingia ser entregador para entrar na casa da vítima que aguardava uma encomenda. Logo depois, dois homens chegaram ao local e renderam a família e o suspeito.

Conforme a Civil, o dono da casa foi espancado com golpes de coronhadas, com isso, a arma disparou e atingiu o criminoso que fingia ser uma das vítimas. Ele foi retirado da casa por um dos assaltantes.

Os três roubaram R$ 6 mil reais e telefones dos moradores da residência.

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x