Dupla é presa por participação em ‘tribunal do crime’ em Boa Vista

Vítima foi uma jovem de 18 anos, que após levar 20 facadas se fingiu de morta para conseguir fugir e pedir ajuda

Dupla é presa por participação em ‘tribunal do crime’ em Boa Vista
Polícia autuou os dois em flagrante pelos crimes de sequestro em cárcere privado, tortura e tentativa de homicídio qualificado -Foto: Divulgação/PCRR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR) prendeu em flagrante dois homens por participarem de um “tribunal do crime”. A prisão ocorreu ontem (27), em Boa Vista.

A vítima foi uma jovem de 18 anos. No domingo (26), após levar 20 facadas, ela se fingiu de morta para conseguir fugir e pedir ajuda. Ela atravessou um igarapé, entre os bairros Centenário, São Bento e Araceli e então pediu socorro em uma casa próxima.

Na ocasião ela conseguiu fazer contato com familiares e disse onde estava. Com isso, as polícias Civil e Militar iniciaram as buscas para localizar os suspeitos.

A Polícia autuou os dois em flagrante pelos crimes de sequestro em cárcere privado, tortura e tentativa de homicídio qualificado. 

Tribunal do Crime

A jovem morava em Manaus e estava há um mês em Rorainópolis. Ela veio para Boa Vista com o companheiro, identificado pela polícia como integrante de facção criminosa. Em seguida, amigos do companheiro a acusaram de participar de facção. 

Posteriormente, os homens a sequestraram, julgaram e a condenaram à morte. No período, passou por três cativeiros e um dos homens a estuprou.

Logo depois, os criminosos a levaram para uma área de matagal no bairro São Bento e desferiram 20 facadas contra a vítima. 

Depois que foi localizada, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou assistência à jovem, que estava muito debilitada. Por isso, a equipe levou a vítima para o Pronto Socorro Francisco Elesbão.

Prisão

Conforme o andamento das investigações e com informações repassadas pela vítima, os policiais prenderam um jovem de 18 anos, conhecido como “Caveirinha”.

Já na manhã de ontem, eles localizaram o homem de 27 anos, identificado como “Gordinho”. Ele foi apontado como autor do estupro.

Os agentes apresentaram os dois homens na Custódia da Polícia Civil e hoje seguiram para a audiência de custódia. Contudo, as investigações continuam para identificar os demais que participaram do crime, bem como o ex-companheiro da vítima.

Por Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x