Estudante de Direito é investigado por comemorar aniversário com suástica nazista em bolo

Historiador da UFRR explica que demonstrações de apoio ao nazismo são ataque direto à democracia

Estudante de Direito é investigado por comemorar aniversário com suástica nazista em bolo
Estudante com bolo e suástica nazista (Foto: Arquivo Pessoal)

Um estudante do curso de Direito de uma faculdade particular, está sendo investigado pela Polícia Civil, após comemorar seu aniversário de 18 anos, usando a suástica – principal símbolo nazista – como decoração em seu bolo.

As imagens da festas que circulam nas redes sociais desde a madrugada da última segunda-feira (20), mostram frases nas publicações como: “Você não é Hitler, mas merece conquistar o mundo” e “Feliz aniversário, Mini Führe.”

Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado no 3º Distrito Policial, às 17h desta terça-feira (21). O denunciante relata se sentir ofendido com as publicações e brincadeiras, e pede providências às autoridades competentes.

Postagem com termos nazistas
Postagem feita por uma amiga com nomes nazistas (Fonte: Arquivo pessoal)

Investigações

Conforme a Polícia Civil as investigações necessárias para esclarecer os fatos foram iniciadas. Dessa forma, caso haja comprovação de crime os envolvidos vão ser responsabilizados.

Segundo uma estudante da turma dos envolvidos, brincadeiras com termos e expressões alusivas ao regime são comuns no dia a dia dos estudantes, o que incomoda outros alunos da sala.

Ela ainda disse, que colegas de classe já chegaram a explicar a problemática da situação, mas que não foram levados a sério.

“Acabei sofrendo uma ameaça, de uma amiga deles, falando que eu ia ter problemas com ela quando voltassem as aulas, me ofendendo, me chamando de retardada, de doente mental, enfim, me chamando de tudo, menos pelo nome”, relatou a estudante.

Por meio de uma nota enviada à reportagem, o jovem pediu desculpas pelo ocorrido e disse ainda que repudia o nazismo e que no momento da emoção da surpresa, não teve reação para pensar no quão “grave era essa atitude“.

Antes de mais nada, sou praticante do Budismo que tem como um de seus símbolos a Cruz Gamada, infelizmente semelhante à suástica“, disse também por meio de nota.

Festa com suástica no bolo (Foto: Arquivo Pessoal)

Procurada, a Faculdade disse que a instituição repudia qualquer manifestação em apologia ao nazismo, e que qualquer uma dessas manifestações é “criminosa, execrável e obscena“.

Disse ainda que “como trata-se de uma manifestação em rede social privada, e não em âmbito interno da Instituição“, cabe às autoridades competentes investigar o caso.

Crime Previsto em Lei

O advogado Marcelo Macedo, esclareceu que de acordo com a Lei 7.716/1989, veicular símbolos do nazismo para fins de divulgação, pode gerar multa e prisão de 2 a 5 anos.

A partir do momento, que a minha liberdade de expressão passa a ferir o direito de outro, então não é mais liberdade de expressão, passa a ser uma atitude criminosa“, disse.

Marcelo afirma também que, um direito ganha limites, quando ele atropela outros direitos. “A manifestação de pensamentos deixa de ser protegida pela liberdade de expressão, quando há o abuso a esse direito, e incita ódio e violência contra determinados grupos“, completou.

Regime Nazista

O historiador e professor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), Jaci Guilherme Vieira, explica que na Alemanha, o nazismo foi responsável pela morte de mais de 6 milhões de judeus, que foram culpados pela crise que o país passava naquele momento.

Para o professor, não se trata de uma brincadeira. Para ele a situação é muito mais profunda, e que se trata de um projeto de ataque à democracia. Vieira explica que esse tipo de situação já ocorria nos Estados Unidos, chegou a América Latina, apareceu no Brasil pelos estados do Sul e agora se manifesta também em Roraima, Extremo Norte do país.

É um projeto que na verdade está no mundo inteiro, essa defesa do nazismo, do fascismo, que depois da 1ª Guerra Mundial, ele vem em ascensão, esse projeto autoritário, que é um projeto na verdade, de acabar com as democracias“, disse o historiador.

Fonte: Gabriel Cavalcante

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x