Homem é condenado por matar mecânico a golpes de facão

Segundo MP, crime ocorreu em dezembro de 2018, no bairro Portelinha, Vila Nova Colina, em Rorainópolis

Homem é condenado por matar mecânico a golpes de facão
Ministério Público ofereceu denúncia contra Douglas Sousa em dezembro de 2018 – Foto: Arquivo/Roraima em Tempo/Edinaldo Morais

A Justiça de Rorainópolis condenou Douglas Santos de Sousa a 12 anos de prisão por matar o mecânico Sildomar Sousa de Brito. O homem ainda agrediu e ameaçou a esposa.

A sentença é de terça-feira (10), e assinada pelo juiz Marcelo Batista. A denúncia foi feita pelo Ministério Público em dezembro de 2018. A princípio, Douglas deve iniciar a pena em regime fechado.

Segundo o ministério, o crime ocorreu em dezembro de 2018, no bairro Portelinha, Vila Nova Colina, em Rorainópolis.

Crime

Em casa, o homem agrediu a esposa “enforcando-a, puxando seus cabelos e batendo sua cabeça contra a parede”, conforme o ministério.

A princípio, ele pediu para Sildomar ir ao local, já que acreditava que a esposa estava gravemente ferida.

Ao chegar, e ver as duas vítimas conversando, Douglas ficou com ciúmes e golpeou com um facão o mecânico, que morreu no local.

Em seguida, o homem voltou a agredir a esposa, e ameaçou fazer com ela o que tinha feito com Sildomar. Ele disse, então, que “poderia ser preso, mas no dia que saísse iria procura a mesma nem que seja no inferno para matá-la”.

“Tratando-se de crime com notória gravidade concreta, revelando a periculosidade do agente, deixo de conceder ao réu o direito de recorrer em liberdade”, escreve o juiz Marcelo Batista, presidente do Tribunal do Júri.

Sentimento de justiça

Para a promotora Lara Von Held Fagundes, a condenação de Douglas contribui, portanto, para afastar a sensação de impunidade e traz para a população o sentimento de justiça.

“A decisão é uma demonstração firme da sociedade de Rorainópolis, consciente da responsabilidade, em que mais uma vez prestigiou a defesa da vida e mostrou que não compactua com esse tipo de crime”, falou a promotora.

Por Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x