Polícia Civil inicia operação para reforçar fiscalização em Normandia

Ao todo, a PCRR abordou 328 pessoas, além de 169 veículos, entre carros, motos, caminhonetes e ônibus

Polícia Civil inicia operação para reforçar fiscalização em Normandia
Agentes fizeram diversas abordagens no fim de semana – Foto: Divulgação/PCRR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR) iniciou a Operação Luz na Escuridão nesse final de semana, em Normandia. A ação visa proporcionar maior sensação de segurança para a população e impedir a prática de crimes.

Desse modo, os agentes realizaram diversas abordagens em bares, locais públicos e comunidades indígenas durante o final de semana. Além disso, a PCRR fez barreiras de fiscalização nas vicinais do município.

De acordo com o delegado de Normandia, Rodrigo Gomides, a operação é uma forma de impedir o aumento de arrombamentos e furtos em locais comerciais e casas durante a madrugada.

“Nossos policiais passaram a madrugada de sexta para sábado e também de sábado para domingo fazendo abordagens de pessoas em bares, praças e ruas, mostrando que a Polícia está nas ruas aproximando-se da população”, ressaltou.

Comunidades Indígenas

Os agentes também foram às comunidades indígenas para apoiar os Tuxauas nas ações de coibição de delitos. Conforme a PCRR, os moradores da região que solicitaram o reforço policial.

“As Comunidades têm solicitado o comparecimento presencial para o fortalecimento da autoridade indígena contra pequenos delitos que acontecem no seio desta população como venda de bebidas alcoólicas, venda e consumo de entorpecentes e perturbação da ordem pública, como a utilização de torbal em motocicletas”, informou o delegado. 

Fiscalização

A PCRR ainda montou uma barreira de fiscalização na entrada do município no final da tarde de sábado (4). O delegado informou que a intenção era verificar veículos realizando busca de armas, entorpecentes, bem como de objetos que sejam fruto de roubo ou furto.

Fiscalização da Polícia Civil de Normandia – Foto: Divulgação/PCRR

Ao todo, a Polícia Civil abordou 328 pessoas, além de 169 veículos, entre carros, motos, caminhonetes e ônibus. Além disso, os agentes apreenderam um torbal.

O delegado Rodrigo Gomides ressaltou que as ações irão continuar de modo a restabelecer a sensação de segurança da população.

“É importante dizer que as ações no município continuam com o objetivo maior de restabelecer a sensação de segurança em todos os locais, seja na sede, nas Comunidades ou nas estradas”, concluiu.               

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x