Polícia Federal prende 22 pessoas por porte ilegal de arma de fogo e ocupação ilegal de terras da União em RR

Suspeitos seguiam de barco em direção a um garimpo ilegal na Terra Yanomami quando foram abordados pelos agentes de segurança

Polícia Federal prende 22 pessoas por porte ilegal de arma de fogo e ocupação ilegal de terras da União em RR
Ação da PF em Roraima – Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante 22 pessoas no entorno da localidade de Palimiú na Terra Indígena Yanomami, em Roraima. As prisões ocorreram entre os dias 28 de fevereiro e 1 de março.

A ação aconteceu de forma conjunta com a Força Nacional e também com a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai).

Os suspeitos seguiam em direção a um garimpo ilegal e se utilizavam de embarcações para este deslocamento. Contudo, policiais interceptaram as embarcações e, por ocasião da abordagem, encontraram uma arma de fogo.

Os barcos também transportavam grande carga de mantimentos e combustível. De acordo com a PF, os mantimentos seriam para dar suporte à atividade de mineração ilegal.

Diante da situação, os suspeitos foram encaminhados à Superintendência Regional da Polícia Federal em Roraima, em que foram autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e ocupação de terras da União, em razão da invasão ilegal à Terra Indígena Yanomami.

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x