Polícia identifica suspeitos de usar site falso de loja para aplicar golpes

Estelionatários usavam página falsa de loja de eletrodomésticos para aplicar golpes em consumidores

Polícia identifica suspeitos de usar site falso de loja para aplicar golpes
Delegada disse que site tinha aparência completamente lícita – Foto: Divulgação/PCRR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR) identificou nesta quarta-feira (25), dois suspeitos de utilizar site falso de loja de eletrodomésticos de Boa Vista para aplicar golpes.

Conforme a PCRR, o site já foi tirado do ar. No entanto, a Polícia ainda continua trabalhando para identificar os técnicos responsáveis por criar e publicar a página falsa na internet.

A delegada titular do Distrito Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), Darlinda Moura, disse que as investigações tiveram início ainda neste mês de agosto.

“As investigações seguem em andamento e está sendo realizado um levantamento para saber quantas pessoas tiveram prejuízos ao realizar compras no site falso”, informou.

Conforme a delegada, o site tinha uma excelente estrutura e aparência que parecia lícita. Assim, as pessoas acessavam a página, mas em seguida, precisavam negociar através de números de WhatsApp.

“Através do site fake lojasperin.com, o grupo gerava um número de pedido, para dar aparente credibilidade. E por meio de um link de clone phishing, obtinha dados de cartões de crédito e senhas pessoais para aplicar os golpes”, explicou.

Alerta da Polícia Civil

A delegada alerta ainda que os consumidores devem sempre desconfiar quando a oferta é muito atrativa, fora de valor de mercado.

Consumidores também devem desconfiar de facilidades extremas de pagamento, pois as páginas falsas, geralmente tem todos os indicativos da página oficial.

“Procure a loja física e verifique se o site é realmente da empresa. E ao efetuar o pagamento, o usuário deve atentar-se para onde se destina o valor. Se for pessoa física evitar o pagamento. Se for pessoa jurídica, verificar se a pessoa jurídica é realmente a empresa de onde você está comprando o bem”, enfatizou a delegada.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x