Polícia prende suspeito de matar homem em Rorainópolis, Sul do estado

O suspeito, de 26 anos, confessou ter assassinado o barbeiro Wellyngton Lima Cunha Ferraz, de 25, em uma festa em Rorainópolis

Polícia prende suspeito de matar homem em Rorainópolis, Sul do estado
Conforme a Civil, homem confessou o crime – Foto: Divulgação/PCRR

A Polícia Civil de Roraima (PCRR) prendeu em flagrante, nesta terça-feira (7), um homem, de 26 anos. Ele é suspeito de matar Wellyngton Lima Cunha Ferraz, de 25, no município de Rorainópolis, Sul do estado.

De acordo com a Civil, o suspeito confessou o crime. Ele relatou, ainda, já ter passagens na polícia no Amazonas, por ter matado um primo e, em Roraima, por ter ameaçado a própria irmã.

Contra o homem, a PCRR lavrou um Auto de Prisão em Flagrante (APF) pelo crime de homicídio qualificado.

Além disso, o homem passou por audiência e custódia e teve a prisão homologada e convertida em prisão preventiva. Em seguida, a polícia apresentou o homem no sistema prisional.

Crime em Rorainópolis

Na manhã de ontem (6), moradores de Rorainópolis encontraram Wellyngton Ferraz morto no meio da rua, na avenida Ottomar de Souza Pinto.

A vítima tinha uma perfuração abaixo do queixo, aparentemente causada por faca.

Conforme a delegada de Rorainópolis, Suébia Cardoso, a vítima foi morta após discutir com um amigo do suspeito em uma festa por ter dançado com uma mulher que também estava no local.

“Este homem [o suspeito], foi tirar satisfação com a vítima pelo fato dele ter dançado com esta mulher. Durante a discussão, a vítima empurrou este homem e um amigo dele interveio e esfaqueou Wellyngton”, informou a delegada.

A princípio, no interrogatório, o suspeito afirmou que já havia um plano para matar a vítima, pelo fato dela pertencer a uma facção rival.

Ele explicou, ainda, que na noite do crime ele e alguns amigos resolveram atrair a vítima até uma festa que ocorria em uma casa, com o objetivo de matá-lo.

“Ele alegou que apesar de terem planejado antes a morte da vítima por ser ela de uma facção rival, ela não foi morta por esse motivo, mas sim, devido a briga que teve com o suspeito”, relatou a delegada.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x