Após referendo, Maduro determina criação de estado na Guiana

Presidente da Venezuela ordenou publicação de um novo mapa do país para distribuição em todas as escolas

Após referendo, Maduro determina criação de estado na Guiana
Foto: Kremlin.ru/Wikimedia Commons

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, determinou a criação de um estado na Guiana durante um Conselho Federal de Governo (CFG), em Caracas. Em referendo realizado neste domingo (3), os venezuelanos votaram a favor da anexação do território de Essequibo.

Maduro determinou à Assembleia Nacional que inicie o debate e aprove a lei para criação da Guiana Essequiba, no território que está sendo disputado. O presidente nomeou o general do Exército Alexis Rodríguez Cabello como autoridade única para o território.

Além disso, Nicolás Maduro ordenou a publicação de um novo mapa da Venezuela para distribuição em todas as escolas. O presidente também autorizou a criação de um Plano de Atenção Social à população local, que incluirá um censo, a concessão de nacionalidade venezuelana e entrega de identidades à população dessa região.

Essequibo

No último domingo (3), eleitores venezuelanos aprovaram a transformação do território de Essequibo em um estado da Venezuela. A região pertence oficialmente à Guiana desde 1899, mas é reivindicada pela nação vizinha.

Conforme o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) venezuelano, 10,5 milhões de eleitores participaram do referendo. Exatamente 95,93% aceitaram incorporar oficialmente Essequibo ao mapa do país e conceder cidadania e documento de identidade aos mais de 120 mil guianenses que vivem no território. Apenas 4,07% discordaram da proposta.

Essa foi a última das cinco perguntas feitas pelo referendo nacional. Nenhuma delas, de acordo com o CNE, teve menos de 95% de aprovação.

Fonte: Da Redação com informações da Agência Brasil

0
Would love your thoughts, please comment.x