Juíza anula posse de prefeito e vice eleitos em Alto Alegre

Decisão restabelece a última data marcada para a solenidade, dia 7 de junho, sob pena de multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento

Juíza anula posse de prefeito e vice eleitos em Alto Alegre
Foto: Reprodução/Instagram/Wagner Nunes

A juíza Sissi Schwantes anulou a posse de Wagner Nunes (Republicanos) e Irmão Max (Progressistas), eleitos no pleito suplementar para a Prefeitura de Alto Alegre. A cerimônia ocorreu na última sexta-feira (24).

A decisão, assinada nesta segunda-feira (27), decorre de ação protocolada pelo Ministério Público de Roraima. O documento também cita os vereadores Fábio da Silva Costa, Assis Pedroso, Francisco das Chagas, Josué Sousa Chaves e João Eli Sousa Silva, que convocaram o ato da posse na Câmara Municipal.

Com a decisão, fica restabelecida a última data marcada para a solenidade, dia 7 de junho, sob pena de multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento.

Suspeita de compra de votos

Uma Ação de Investigação Eleitoral Judicial (Aije) acusa Wagner Nunes e Irmão Max de abuso de poder político e econômico, corrupção e fraude durante a campanha. O processo resultou na suspensão da posse dos políticos, mas a liminar concedida pela juíza Sissi Schwantes foi suspensa pela desembargadora Tânia Vasconcelos.

A ação destaca o suposto uso de servidores do Governo do Estado, com pagamento indevido de diárias, em período vedado e com nítido caráter eleitoreiro, para realização de campanha política em favor dos acusados e promessa de entrega de bens e serviços públicos em troca de dinheiro.

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x