Projeto da minirreforma trabalhista é rejeitado em sessão do Senado

Texto foi derrotado após receber 47 votos contrários e apenas 27 favoráveis

Projeto da minirreforma trabalhista é rejeitado em sessão do Senado
Esta é a segunda vez que o Governo é derrotado em tentativa de aprovar reforma trabalhista – Divulgação

O Senado rejeitou nesta quarta-feira (01º) o projeto que criaria uma série de programas trabalhistas que haviam sido propostos pelo Governo Federal. O placar foi de 47 votos contrários e 27 favoráveis.

O Governo ainda tentou buscar apoio de senadores, propondo retirar trechos que alteravam a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), mas a estratégia fracassou.

Com a derrota, o texto deixa de ir para a sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nova Derrota

A proposta rejeitada hoje ficou conhecida na Câmara como a “Minirreforma Trabalhista”, pois criava três modelos de contratações, com menos direitos aos empregados.

Essa é a segunda derrota sofrida pelo Governo. A primeira foi em abril de 2020, com a Carteira Verde Amarela, iniciativa que também previa a contratação sob o mesmo molde.

O plano previa, por exemplo, bônus de até R$ 550 por mês pago ao trabalhador em treinamento, com o contrato vinculado a um curso de qualificação profissional, direito a recesso remunerado de 30 dias após um ano, mas sem previsão de 13º nem FGTS.

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x