Bolsonaro não quer a reprovação de Denarium por perto

O presidente da República Jair Bolsonaro vem novamente a Roraima. Mas desta vez ele não vem por intermédio do governador Antonio Denarium

Bolsonaro não quer a reprovação de Denarium por perto
Jair Bolsonaro – Foto: Reprodução/Facebook/Jair Bolsoanro

Bolsonaro não quer Denarium

O presidente da República Jair Bolsonaro vem novamente a Roraima. Mas desta vez ele não vem por intermédio do governador Antonio Denarium. É que, há cerca de um mês, quando o presidente esteve no estado, a coisa desandou, pois Denarium fez ele adiar o voo de volta para Brasília para participar de uma grande recepção na Praça do Centro Cívico. O problema é que só apareceram por lá quatro gatos pingados. Nem os cargos comissionados do governo foram lá. Nem mesmo com a convocação do próprio governador e dos chefes da Casa Civil nos grupos de WhatsApp. O presidente, que já estava chateado com a quantidade de gente que participou do evento de inauguração de uma usina, parece que ficou ainda mais aborrecido. Ao que tudo indica, agora ele quer distância da reprovação de Denarium em Roraima.

Sem compromisso com Denarium

A princípio, conforme fontes extraoficiais, Bolsonaro não tem nenhum compromisso oficial com o governador de Roraima. As fontes informaram à coluna que o presidente cumprirá agenda no 7º BIS, em um dos abrigos da Operação Acolhida e até fará um sobrevoo na região da cachoeira do Tamanduá. Em contrapartida, Denarium se limitou ao dizer para um jornal local que irá apenas acompanhar a agenda do presidente.

Primeiro turno

A TV Imperial, filiada à Rede Record de Televisão, divulgou a primeira pesquisa de intenções de voto para as eleições de 2022 em Roraima. O primeiro resultado mostra que se as eleições fossem hoje, a ex-prefeita Teresa Surita, pré-candidata do MDB, venceria no primeiro turno. Ela tem 70% de aprovação em todo o Estado, enquanto Denarium, atual governador, tem 19,8%. Dessa forma, isso confirma o que a coluna já vem demostrando há algum tempo: a reprovação da gestão de Denarium.

Municípios

A pesquisa também ouviu a população dos principais colégios eleitorais do interior de Roraima. Teresa tem, da mesma forma, mais de 50% de aprovação. Em Rorainópolis, por exemplo, ela tem mais de 68% de aprovação, considerando os votos válidos. Dessa forma é o resultado da pesquisa em todos os municípios.

Acertou

O Instituto realizador da pesquisa que mais se aproximou do resultado das eleições no ano passado em Boa Vista. Enquanto o Ibope mostrava um empate de 28% entre Arthur Henrique (MDB) e Otaci (SD), o Instituto Padrão mostrava o candidato do MDB com 40% nas intenções de voto no primeiro turno. Nas urnas, Arthur Henrique recebeu 49,6%. Já no segundo turno, o Instituto apontava uma projeção de 8,90% para Arthur Henrique, enquanto o resultado foi de 85,3%.

Inconformado

O senador Telmário Mota parece estar inconformado por ter sido trocado pelo deputado Hiran Gonçalves. É que neste último fim de semana, o grupo da base governista declarou apoio à candidatura de Hiran ao Senado. Ele divulgou vídeo nas redes sociais, inconformado, atacando o grupo. Telmário ficou sem palanque para a campanha de 2022. Como adiantamos aqui, Denarium vai apoiar Hiran Gonçalves e no grupo do MDB não tem espaço para ele.

Afastamento

A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) já recebeu dois pedidos de afastamento do deputado Jalser Renier. O deputado federal Nicoletti oficializou o primeiro, juntamente com o pedido de cassação, assim como o jornalista Iury Carvalho oficializou o segundo pedido. Cabe agora à ALE-RR dar andamento aos trâmites para aprovar ou não o afastamento do deputado. Em nota enviada à Rádio 93FM, a instituição informou que recebeu o pedido do jornalista Iury e encaminhou para a Corregedoria da Casa. Disse ainda que o departamento irá determinar a notificação de Jalser, mas não informou quando isso deve ocorrer. Mas depois de notificado, o deputado terá cinco dias úteis para se manifestar por escrito. Depois disso, o corregedor irá analisar o caso e devolvê-lo à Presidência da ALE-RR com a indicação de arquivamento ou prosseguimento do processo. Aguardemos.

Perguntinhas:

– O que Denarium vai fazer sem o apoio de Bolsonaro, já que ele usa a aprovação do presidente para se promover em Roraima?

– O que Telmário Mota vai fazer sem palanque, já que Denarium o abandonou e abraçou Hiran?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x