Caer contrata empresa para cobrar pontualmente a conta de água; falta agora só ter a mesma visão para fornecer o produto

Cobrança em dia A Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) está contratando uma empresa de São Paulo para emitir as contas de agua. O valor do contrato é de R$ 4,6 milhões, conforme publicado no Diário Oficial do Governo. Segundo o texto, a empresa contratada deve também emitir os avisos de atrasos e […]

Caer contrata empresa para cobrar pontualmente a conta de água; falta agora só ter a mesma visão para fornecer o produto
Bairros de Boa Vista ficaram sem água – Foto: Josué Ferreira/Roraima em Tempo

Cobrança em dia

A Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) está contratando uma empresa de São Paulo para emitir as contas de agua. O valor do contrato é de R$ 4,6 milhões, conforme publicado no Diário Oficial do Governo. Segundo o texto, a empresa contratada deve também emitir os avisos de atrasos e inserir no sistema, conforme cronograma de corte. Ou seja, o sistema para cobrar a conta e para cortar a água por contas em atraso vai funcionar e muito bem.

Enquanto isso…

Por outro lado, o serviço da Caer para os clientes já não têm a mesma eficiência. As reclamações por esgotos estourados e de falta de água nos bairros são diárias. Como por exemplo, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, bem na frente do TFD e da Central de Marcação de Exames (prédios da Sesau), o problema começoui com um ponto de vazamento de esgoto, depois aumentou para dois. E agora, o local tem três pontos escorrendo os dejetos. Quem amarga o prejuízo e o dono de um restaurante que fica ao lado, pois os clientes nem se aproximam. Afinal, quem vai querer comer ao lado de três bueiros escorrendo  todo o vapor?

Demora na solução

O pior é que o tempo vai passando e a Caer não arruma os bueiros e nem se quer aparece por lá. Conforme relato de um vizinho, ele já ligou para a companhia várias vezes, e eles dizem que vão mandar equipe no local. Mas segundo o denunciante, todos os dias ele e os outros vizinhos são obrigados a conviver com o mau cheiro.

Reajuste

A contratação milionária na Caer ocorre no mesmo momento em que a companhia divulgou o reajuste de quase 24% na cobrança da conta de água. E vale lembrar que, há um ano, a conta já teve um reajuste de 24%. Ou seja, em apenas um ano, o consumidor passou a pagar cerca de 50% a mais na conta de água. Bom mesmo seria se a Caer tivesse essa mesma eficiência para executar os serviços….

Tepequém

O Governo de Roraima anunciou no fim de semana a construção de um mirante na Serra do Tepequém. Após passar parte de sua gestão ignorando as estradas que levavam até um dos principais pontos turísticos de Roraima, o governador Antonio Denarium também disse que iria fazer a restauração da RR-203 do entroncamento na BR-174 até o complexo. É bom o governador lembrar que não é só uma parte do caminho que merece atenção. Mais uma promessa para a população cobrar já que as obras do governo se arrastam por anos.

Uso abusivo do poder

É de praxe (já que o governador vive sendo cassado) os servidores comissionados do Governo divulgarem vídeos e fotos de apoio a Denarium após uma cassação. Para quem trabalha ou já trabalhou na atual gestão sabe como é feito esse pedido de apoio. Os servidores, sem opção, se expõem por medo de perderem o emprego. Já nesta última cassação, além dos servidores, beneficiários dos programas eleitoreiros também gravaram vídeos. Eles dizem a mesma coisa: apoiam o governador e se ele sair do Governo ninguém vai fazer o que ele faz. Uma demonstração clara do uso do poder para se manter nele.

Fazer o certo?

Todo mundo sabe que não há nada de errado em o Governo entregar cestas básicas e reformar casas de pessoas em vulnerabilidade social. Tem mais é que fazer mesmo. O que é errado, é um governador passar três anos no cargo e não fazer isso e só deixar para fazer no último ano da gestão quando se é candidato à reeleição. Isso, além de uso abusivo do poder, é crime sim. Um dos argumentos usados pelos comissionados, especialmente os do 1º escalão, é de que “fazer o certo não é crime”. Fazer o certo somente em ano eleitoral é crime sim. E ainda coloca quem está no poder em grande vantagem eleitoral, tirando o direito dos outros candidatos a concorrerem numa eleição legítima.

Reflexão: “Se a democracia permitir que um govenador use dinheiro do Governo em uma eleição, assim como as secretarias, os servidores, redes sociais e etc., nem precisaria de uma nova eleição. Ele ficaria no poder para sempre, pois contra o dinheiro, não há concorrência”.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x