Contradição: Denarium sempre diz que ‘dinheiro tem’, mas deputada aliada alertou sobre falta de recursos

Preocupação de Aurelina faz sentido, pois nos diários oficiais do Governo não têm tido registro de crédito suplementar por excesso de arrecadação, que é quando o Estado manda dinheiro a mais que o previsto no orçamento para as Secretarias ou outros órgãos e poderes

Contradição: Denarium sempre diz que ‘dinheiro tem’, mas deputada aliada alertou sobre falta de recursos
Governador Antonio Denarium e deputada Aurelina Medeiros – Foto: Reprodução/Facebook/Antonio Denarium

Preocupante

Outro dia a deputada Aurelina Medeiros disse na Assembleia que o Estado não tem mais dinheiro. E que a situação é preocupante. Ela revelou que o secretariado já começou a pedir crédito suplementar por excesso de arrecadação, mas não há possibilidade. E olha que o governador aumentou os impostos de vários produtos este ano, com a aprovação dos próprios deputados, inclusive de Aurelina.

Faz sentido

A preocupação de Aurelina faz sentido, pois nos diários oficiais do Governo não têm tido registro de crédito suplementar por excesso de arrecadação, que é quando o Estado manda dinheiro a mais que o previsto no orçamento para as Secretarias ou outros órgãos e poderes. A maioria dos créditos são por anulação, que acontecem quando o governador movimenta um dinheiro que já previsto no orçamento de uma secretaria para outra ou de uma atividade para outra na mesma secretaria. Ou seja, Antonio Denarium está descobrindo um santo para cobrir outro. Mas a pergunta é: se o Governo aumentou impostos, automaticamente aumenta a arrecadação. Então, para onde está indo todo esse dinheiro?

Importante

É importante lembrar que no ano de 2021, que antecedeu o ano das eleições, o governador enviou por várias vezes, crédito suplementar para a Assembleia Legislativa. Somente no último envio de 2021, que ocorreu em dezembro, o envio foi de uma bagatela de R$ 13 milhões. Ao todo, foram mais de R$ 55 milhões enviados para os deputados. Dois meses depois, mesmo sem credibilidade, Jalser Renier denunciou os valores que cada deputado recebia por meio de cargos comissionados na Assembleia. Mas, parece que agora a fonte secou. E nem povo e nem deputados. Só venha a nós para Denarium.  Comida pouca, meu pirão primeiro!

Audiência pública

O ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, deverá participar, de forma remota, de audiência pública que ocorrerá em Caracaraí nesta segunda-feira (12). Além disso, o Ministério terá um representante de forma presencial, Jocemar Mendonça, diretor do Departamento de Territórios Pesqueiros. O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa, o deputado Armando Neto (PL) também participará da audiência pública. O evento deve contar com a classe pesqueira de vários municípios, tendo em vista que a pesca é tradicional em Roraima, especialmente naquela região.

Poluição sonora

A Central 156 da Prefeitura de Boa Vista já registrou mais de 1.900 denúncias de som alto na capital de janeiro a junho deste ano. Um verdadeiro absurdo. Mas para quem achou muito, o registro do mesmo período do ano passado foi de 2.848 ocorrências. A Prefeitura intensificou a fiscalização neste ano, por isso a queda no número de ocorrências. Mas ainda é um número muito alto. As pessoas precisam se conscientizar mais sobre os direitos e deveres coletivos. Respeitar o espaço do outro é fundamental para uma boa convivência e, nesse caso, para a qualidade de vida.

 

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x