Denarium e senadores de RR não foram aceitos em evento no Caracaranã

Políticos não ajudaram indígenas com relação à invasão do garimpo ilegal que colaborou para a morte de muitos deles

Denarium e senadores de RR não foram aceitos em evento no Caracaranã
Governador e senadores de Roraima – Foto: Reprodução

Acordo

Como todos já sabem, o governador Antonio Denarium vai substituir o secretário de Educação. Nonato Mesquita é indicação de Soldado Sampaio e de Mecias de Jesus na Pasta. O acordo era de que Mesquita ficaria por lá até o fim das eleições. No entanto, agora o governador resolveu pegar a secretaria de volta.

Especulações

E muitas são as especulações sobre o substituto de Mesquita. Mas a 1ª possibilidade é de que Leila Perussolo, cunhada de Denarium, volte a dirigir a Seed. E por motivos óbvios. Contudo, há quem diga que outras pessoas estão sendo cotadas para o cargo. Entre elas a ex-deputada Lenir Rodrigues, o ex-deputado Evangelista Siqueira e até mesmo o deputado Jorge Everton.

Compra de livros na campanha

O uso de secretarias de grade relevância como a Seed para acordos políticos mostra o por quê de a qualidade da Educação em Roraima estar em um nível tão baixo. As escolas em péssimas condições. Do mesmo modo, o Governo nunca tinha sido tão negligente com a Educação Indígena. E dinheiro nunca faltou. Prova disso foi a compra de livros que Nonato fez durante as eleições do ano passado no valor de R$ 15 milhões. Entretanto, esses livros nunca chegaram aos alunos.

Apartou?

Mas voltando a falar de Sampaio… fontes desta coluna afirmaram que ele ficou muito chateado com a saída de Nonato da Seed. Ele até teria dito algo do tipo como “a partir de agora, fica cada um para o seu lado”. Além disso, ele também anda chateado com outras posturas do governador. É que ele quer ser candidato à Prefeitura de Boa Vista em 2024. No entanto, Denarium quer apoiar Gerlane Bacarin, que é esposa de Hiran Gonçalves. Sampaio pensou que receberia apoio de Denarium por ter apoiado a sua reeleição. Enfim…

“Desprestígio 1”

Um líder indígena revelou a esta reportagem que a presença do governador de Roraima foi rejeitada no evento que ocorreu nesta segunda-feira (13) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Lago Caracaranã, em Normandia. De acordo com as informações, o Governo Federal pediu a participação de Antonio Denrium, mas os indígenas não aceitaram. Além disso, a assessoria de Lula também solicitou a aprovação para a participação dos senadores de Roraima. E, do mesmo modo, os indígenas rejeitaram.

Desprestígio 2

A atitude dos indígenas mostra o desprestígio das autoridades políticas de Roraima com eles. Pois, tanto o governador como Mecias de Jesus, Chico Rodrigues e Hiran Gonçalves são a favor de garimpo. Como resultado, suas declarações e ações incentivaram muito o avanço do garimpo ilegal nas terras indígenas. O que causou grande impacto na vida dos Yanomami.

Revista

Depois de chamar os Yanomami de bichos, Denarium vem fazendo de tudo para convencer o mundo que ele respeita os indígenas. Por último, a assessoria dele fez uma revista para mostrar as ações do seu Governo para os indígenas. Entretanto, nada para os Yanomami. Mas realmente, não dá para mostrar algo que não existe. E o mais interessante é que o governador foi receber o presidente Lula na Base Aérea. E então lhe entregou a revista. Em seguida fez fotos e publicou nas redes sociais. Antes disso, Denarium já vinha divulgando a revista em grupos de WhatsApp.

Não vai apagar

Mas, dificilmente Denarium irá conseguir desfazer a péssima imagem que criou ao fazer o comentário infeliz. Nada que ele faça vai apagar da memória das pessoas a sua fala infeliz. Além disso, o MPF abriu até investigação para apurar a fala do governador. Porque é realmente um absurdo esse tipo de postura partir de um chefe de Estado. Ele teria que ser o 1º a dar exemplo de respeito às diferentes população dentro do seu Estado.

Prefeitos

Os únicos políticos de Roraima que os indígenas aceitaram foi o prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique e o prefeito de de Normandia, Weston Raposo. Este segundo, inclusive, é indígena. Joênia Wapixana também no evento, onde Lula fez questão de destacar o prestígio que ela tem

Mostrando serviço

Alguns dos deputados federais novatos já foram na BR 174 pra verificar a obra de recuperação da via. Enquanto isso, os que estavam em mandato nos últimos 4 anos nunca demonstraram interesse em resolver esse problema. E Hiran? Onde esteve esse tempo todo? Passou os últimos 4 anos indicando esposa, filho e aliados em cargos de altos salários no governo de Denarium. Mas todos sabem que esse sempre foi seu verdadeiro interesse. Inclusive, uma fonte desta coluna revelou que ele quer candidatar o filho como vereador na próxima eleição.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x