Denarium e seus ‘beneficiários’ do dinheiro público nas eleições de 2022

Um governador, um vice que comanda a secretaria com os maiores contratos, um senador que ganha contratos milionários na saúde e um operador por trás de tudo

Denarium e seus ‘beneficiários’ do dinheiro público nas eleições de 2022
Governador Antonio Denarium – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Se beneficiaram

O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) intensificou os julgamentos nas últimas semanas, pois tem uma meta a cumprir. Entre os processos, algumas Ações de Investigações Judiciais Eleitorais (Aijes). Nelas aparecem pessoas que se beneficiaram e muito do dinheiro público nas eleições de 2022. Foi público e notório, a quantidade de candidatos participando ativamente da entrega de cestas básicas em Roraima. Cestas estas que custaram R$ 60 milhões e serviram de forte propaganda eleitoral. Tanto que, no final, custou o mandato do governador Antonio Denarium e de seu vice, Edilson Damião.

Se beneficiou também

Quem também aparece em uma das Aijes, inclusive que vai ser julgada nesta terça-feira (12), é Hiran Gonçalves e seus suplentes, o jornalista JR Rodrigues e a vereadora Aline Rezende. Hiran se beneficiou e muito do dinheiro do Governo na gestão de Denarium. Somente sua família leva mensalmente uma bolada através da folha de pagamento. Sua esposa, Gerlane Baccarin, recebe cerca de R$ 30 mil, enquanto seu filho o Hiranzinho e o cunhado Juliano Baccarin recebem R$ 25 mil cada. E tem ainda o tesoureiro de seu partido, o Anselmo Menezes que ocupa o cargo de secretário da Segad com salário de R$ 30 mil. Foi ele quem liberou, junto com o governador, o pagamento extrajudicial de R$ 22 milhões a um empresário às vésperas das eleições.  E essa ação vai ser julgada nesta terça-feira pelo TRE-RR.

Contratos

E isso sem falar nos contratos que Hiran ganha na Sesau. O último, por exemplo, foi assinado no valor de R$ 56 milhões. Contudo, após matéria veiculada neste jornal, a Sesau publicou errata corrigindo o valor para R$ 8 milhões. É importante lembrar que não há dentro do processo, nenhum documento que justifique o aumento do valor inicial do contrato que seria de R$ 30 milhões para R$ 56 milhões. E vale destacar ainda, que há muito dinheiro federal envolvido nesses contratos.

Por trás

E por trás disso tudo tem o operador financeiro Disney Mesquita que, deixou o cargo de secretário da Casa Civil, mas continua operando ativamente dentro do grupo. Nas eleições, inclusive, a Polícia Federal cumpriu vários mandados em sua casa, escritórios e até mesmo nas residências de seu segurança. A operação ocorreu para apurar um esquema de compra de votos.

Mais ações

Nesta segunda-feira (11) o TRE-RR julgou duas ações que pediam cassação do governador de Roraima Antonio Denarium (PP). Uma trata do caso em que o prefeito de Normandia, Weston Raposo, pediu voto para Denarium durante o Festival da Melancia em setembro o ano passado. Uma festa realizada por meio de dinheiro público. Já a outra trata da produção e divulgação de um vídeo onde o governador, utilizando imagens de reformas das penitenciárias, se intitulou como “O homem que salvou Roraima”.

Chamaram a atenção

No primeiro processo, o Ministério Público opinou pela improcedência da ação e os juízes seguiram o parecer ministerial. No segundo, eles também julgaram como improcedente. Mas, durante a discussão, algumas falas chamaram a atenção. A juíza Joana Sarmento trabalhou muitos anos na Vara de Execuções Penais em Roraima. Dessa forma, ela tem propriedade para falar sobre o sistema prisional. Ao discutir sobre o vídeo da ação, em que Denarium se auto denomina como o homem que salvou Roraima, a magistrada lembrou que, o TJRR, Ministério Público e outros órgãos ligados ao assunto lutaram para conseguir a intervenção que ocorreu durante mais de 4 anos no maior presídio de Roraima: a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc).

Enganosa

Joana Sarmento disse então, que trata-se de uma propaganda enganosa. “Muita pretensão dele achar que salvou alguma coisa. A maioria dos recursos vieram do departamento penitenciário federal”, exclamou. Além disso, a magistrada ainda frisou que trata-se de uma propaganda particular, enganosa e de mal gosto.

Concordou

A presidente do TRE-RR, desembargadora Elaine Banchi não somente concordou com Joana Sarmento, como ainda destacou que foi o Tribunal de Justiça que pediu, por várias vezes, para manter a Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) na Pamc. À época, ela fazia parte do Conselho Penitenciário de Roraima.

‘Super-herói”?

Por outro lado, o juiz federal, Felipe Bouzada também criticou sobre o vídeo de Denarium. Ele disse que fica impressionado por uma pessoa fazer uma propaganda como “o homem que salvou RR”. “O governador se sente um super-herói”, disse. “A pessoa se apodera do sistema carcerário como se fosse ele a pessoa com poderes incríveis para conter um caos”, destacou. Bouzada também citou que o govenador esqueceu que existe toda uma gama de servidores e outros órgãos por trás de todo o trabalho que recuperou o sistema prisional de Roraima. E é verdade. Quem não lembra das chacinas e fugas da penitenciária? Esses problemas acabaram com a chagada da FTIP no final de 2018, antes de Denarium assumir o Governo.

Notícia boa

O prefeito Arthur Henrique anunciou ontem que vai implantar o 6ª ano nas escolas municipais. Ele deu a declaração ao jornalista Bruno Perez no programa Rádio Verdade da 93 FM. E como resultado, grande foi a aprovação dos pais. Pois, como todos sabem, a ida dos filhos para as escolas estaduais causam preocupação e tristeza. Isso porque o Governo atual trata a educação com desprezo. Basta olha a diferença na estrutura das unidades escolares do município de Boa Vista e do Governo do Estado. E a notícia é ainda melhor que todos esperavam. Conforme Arthur, a intenção é ir fazendo a implantação dos anos subsequentes até chegar ao 9º ano.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x