Denarium vende terrenos milionários do Governo

Denarium resolveu vender 14 terrenos públicos localizados no Distrito Industrial de Boa Vista. Eles custam mais de R$ 6 milhões

Denarium vende terrenos milionários do Governo
Valor total dos terrenos é de 6,2 milhões – Foto: Divulgação/Secom RR

Terrenos milionários

Denarium resolveu vender 14 terrenos públicos localizados no Distrito Industrial de Boa Vista. Em um deles, que tem dois galpões da Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima), o Governo está pedindo R$ 1,4 milhão. Do mesmo modo, um outro lote, que pertence à Usina de Asfalto, está avaliado em R$ 1,7 milhão. Questionado sobre o destino do valor total da venda dos terrenos (R$ 6,2 milhões), o Governo disse que é para aplicar em um projeto-piloto e, enquanto não aplica, o dinheiro ficará aplicado no Fundo de Desenvolvimento Industrial. Bom,  como todos em Roraima já sabem, os projetos do atual Governo beneficiam apenas grandes empresários e este não será diferente. Fontes da coluna informaram que Denarium trabalha na vendas desses lotes desde que assumiu o cargo. Não é a toa que ele começou regularizando alguns terrenos de amigos próximos ali.

Supersalários polêmicos

Está marcada para o dia 2 de dezembro uma audiência de conciliação entre a Sesau e o Ministério Público para discussão dos supersalários na Secretaria. O Roraima em Tempo divulgou com exclusividade a tabela com o registro dos salários pagos pela Sesau a alguns profissionais. Logo depois da publicação da matéria a Justiça emitiu decisão proibindo o pagamento descarado desses salários. Um deles chega a R$ 130 mil. Dinheiro na Sesau para esses pagamentos tem de sobra, no entanto, é preciso lembrar que milhares de pessoas aguardam numa interminável fila por cirurgias eletivas. Muitas delas precisam disso para retomar a vida, mas é aquele ditado: “dinheiro tem, falta gestão”.

Cada dia melhor

A pandemia já levou 2016 pessoas para o outro lado da vida e Denarium continua por aí, como diz seu outro ditado, “cada dia melhor”. Ninguém ainda viu ele se posicionar com firmeza sobre a vacinação. Apesar de ser a favor do pleno funcionamento do comércio, não faz nada para incentivar a população a se imunizar para retomar as atividades normais. Ontem a Sesau confirmou mais 16 mortes, mas não podemos esquecer que no pico da pandemia, onde morriam cerca de 10 pessoas diariamente por falta de gestão, a Sesau encapava todos os jornais locais e nacionais com o escândalo dos respiradores.

Enquanto isso…

Foto: Reprodução/Facebook Wilson Lima

Enquanto Roraima alcança as 2016 lamentáveis mortes por Covid-19, Denarium estava aonde? Fazendo selfie com o governador do Amazonas, Wilson Lima no jogo da Seleção Brasileira em Manaus. Denarium não publicou nada nas redes sociais, mas o povo de Roraima, que não perde nada, encontrou a selfie dele na página de Wilsom Lima no Facebook e viralizou.

Mais uma Secretaria

Denarium cria hoje a Fundação de Amparo à Pesquisa. É mais uma Secretaria sendo criada, com mais cargos comissionados e etc. O Estado já tem um Instituto de Amparo à Ciência, Tecnologia e Inovação (IACTI), criado por Anchieta em 2011. O Instituto conseguiu verba do Ministério da Ciência e construiu vários Centros de Desenvolvimento Tecnológicos para apoiar a agricultura familiar em Roraima no processamento do leite, do mel e frutas. Mas Denarium, além de não dar andamento, ainda transformou o órgão apenas em um cabide de emprego para acomodar os indicados de Sampaio, Xingu e etc. Além disso, o IACTI, que deveria ser dirigido por um profissional qualificado, na gestão de Denarium é presidido por produtores que não cursaram nem mesmo o ensino superior. É fácil concluir o por quê de o Instituto não funcionar como deveria. Difícil mesmo é justificar a criação de mais um órgão no mesmo sentido.

Mais três secretarias

Em setembro Denarum criou mais três Secretarias na estrutura do Governo. Uma para agradar a esposa e outra para acomodar Deilson Bolsonaro, enviado de Bolsonaro a Roraima para coordenar as questões políticas em Roraima e para “vigiar” Denarium. A terceira, o governador criou para acomodar mais um integrante do Governo. Esta é a Secretaria de Governo Digital, mas na Sefaz já existe um setor responsável por esse trabalho técnico na área de TI. Resumindo: em vez de reduzir as Secretarias de 39 para nove como prometeu, Denarium criou foi mais quatro.

Dança  das cadeiras

O governador exonerou o secretário-adjunto de Educação, Alexandre Semaias, figura admirada na Secretaria, e nomeou o professor José de Souza. Semaias agora ocupa o cargo de Liquidante e Inventariante do extinto BANER.

Em Brasília

O deputado Jalser Renier está em Brasília após receber autorização da Justiça para viajar. Ele disse que a viagem é a trabalho e que também quer se encontrar com seu advogado na capital federal. Contudo, Jalser está de tornozeleira eletrônica, condição da qual depende sua liberdade. A imunidade parlamentar é realmente uma benção para certos políticos, pois independente do crime que cometam ou que sejam suspeitos, a liberdade e a impunidade é uma garantia. Enquanto isso, os policiais presos na Operação Pulitzer continuam presos, sem o mesmo direito que o deputado.

Perguntas:

– O que fez Denarium mudar de ideia e em vez de reduzir, aumentar o número de Secretarias no Governo?

– Para que um instituto de pesquisa se já tem um de amparo à ciência?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x