Desvio de finalidade? Governo usa carros oficiais para entregar cestas

Carros utilizados para transportar as cestas são oficiais. A maioria alugada para outro fim.

Desvio de finalidade? Governo usa carros oficiais para entregar cestas
Populares filmaram as viaturas carregadas – Foto: Reprodução

Desvio de finalidade?

Na última sexta-feira (11) servidores do Governo do Estado saíram pelos bairros de Boa Vista entregando cestas básicas nas casas. Ocorre que os carros utilizados para transportar as cestas são oficiais, a maioria alugada para outro fim. Ou seja, a ação pode ser caracterizada como desvio de finalidade, uma espécie de improbidade administrativa. A ação é um grande risco para o governador Antonio Denarium que pretende ser candidato à reeleição. É que utilizar a máquina pública para se promover em ano de eleição pode significar uma futura perda de mandato.

Abuso de poder econômico

Em 2004 Flamarion foi cassado por abuso de poder econômico. De acordo com o TSE, ele se aproveitou de programas sociais da Setrabes para comprar votos na campanha de 2002. Portela agora é o chefe da Casa Civil de Denarium. E seus conselheiros políticos da época de governador são hoje os conselheiros de Denarium. E o atual governador está cometendo os mesmos erros de Flamarion.

Desespero?

Denarium parece estar em uma atitude desesperada, visto que sua principal concorrente nas eleições deste ano é Teresa Surita. A emedebista fechou o mandato de prefeita com 86% de aprovação da população. Além disso, ela deixou o prefeito Arthur Henrique como sucessor com 86% dos votos, o que comprova a simpatia dos roraimenses pela gestão de Teresa. Denarium, com a aprovação lá embaixo, está utilizando a máquina como pode para ganhar um pouco de popularidade. Afinal, não é fácil chegar perto da popularidade de Teresa. A ex-prefeita de Boa Vista conquistou a simpatia do povo com muitos anos de serviço prestado. Em suma, ela entregou muitas obras importantes para a vida das pessoas. Enfim, é uma concorrente que vai realmente dar dor de cabeça.

Lançamento

Na próxima quarta-feira, dia 15, Teresa lança a pré-candidatura ao governo. Talvez isso esteja preocupando Denarium. E ela ainda vem com Edio Lopes como vice. Atualmente ele dirige o PL em Roraima, o mesmo partido que o presidente Bolsonaro se filiou. Dessa forma, como a coluna já havia adiantado em setembro, Bolsonaro já não tem tanta simpatia por Denarium. Assim, é nítido que o governador força uma proximidade com o presidente. Mas o presidente parecer não querer ele por perto. Na visita que Bolsonaro fez a Roraima no ano passado, Denarium convocou a população para receber o presidente na Praça do Centro Cívico. Mas o evento foi uma vergonha. Nem mesmo os servidores do Estado comparecerem. Nem com áudios e mais áudios de secretários e chefes de gabinete. O povo roraimense é favorável a Bolsonaro, mas não é a Denarium.

Recado dado, recado entendido

O presidente Jair Bolsonaro entendeu perfeitamente o recado do povo de Roraima. Desse modo, um mês depois voltou a Boa Vista e não quis aproximação com o governador. Bolsonaro prestigiou um culto em uma igreja evangélica, mas não desfilou com Denarium. Inclusive, as fotos mostraram o governador bem distante do presidente. Uma delas até dá pra ver Denarium se esforçando para chegar perto, mas sem sucesso.

Fantasma

O sobrinho da maquiadora da primeira-dama também é nomeado na Saúde do Estado. Ele ganha um salário de R$ 2 mil. Sua lotação é no Núcleo de Oncologia que fica dentro do HGR. Justamente o hospital de onde sai a maioria das denúncias de falta de profissionais, remédios, etc. Conforme a denúncia, o rapaz não aparece no local de trabalho. O denunciante até questionou como que o RH faz para que a frequência do moço seja assinada.

Concurso

O prefeito Juliano Torquato resolveu lançar concurso para várias áreas da Prefeitura de Pacaraima. Ele está oferecendo um salário de R$ 1,5 para nível superior. Isso mesmo. Acredite. É essa valor que ele quer pagar para um servidor concursado, formado e preparado. Enquanto isso, a redação recebe denúncia de comissionados na prefeitura que até acumulam cargo em Pacaraima e Boa Vista. E o salário do prefeito é de R$ 8 mil.

Perguntas:

  • Por que Denarium está usando os carros oficiais para entregar cesta?
  • O governo não tem dinheiro para providenciar estrutura para entregar os mantimentos?
  • Até quando Denarium vai usar o nome de Bolsonaro para se promover?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x