Governador usa tragédia no RS para fazer mídia, mas durante as queimadas em RR nada fez

A calamidade vivida pelo roraimenses devido às queimadas ainda é recente. E pouco se viu ações efetivas por parte do Governo. Só sabe-se que Roraima recebeu R$ 7 milhões do Governo Federal

Governador usa tragédia no RS para fazer mídia, mas durante as queimadas em RR nada fez
Governador de Roraima, Antonio Denarium Foto: Divulgação/ Secom

Tudo é mídia

Nesta segunda-feira (6) o governador Antonio Denarium publicou um vídeo no Instagram para mostrar que está oferecendo ajuda para o Governo do Rio Grande do Sul devido às chuvas. O vídeo mostra Eduardo Leite, governador gaúcho, em uma chamada com Denarium no viva-voz. O governador de Roraima não pede uma oportunidade de se promover na mídia. Não há, realmente, nenhum motivo para tornar público o vídeo do governador do RS.

Abandonou roraimenses

Por outro lado, quando Roraima enfrentava os impactos das queimadas, o governador simplesmente abandonou a população. Enquanto o estado literalmente pegava foro, Denarium fazia campanha para o candidato a prefeito de Alto Alegre. Nas redes sociais, era uma publicação mais torpe que a outra. Em uma delas, o Governo orientou a população a fechar as portas e ligar o ar-condicionado no mínimo para evitar a fumaça. Em outra, teve o desplante de afirmar que a fumaça que se concentrava em Roraima vinha da Guiana e da Venezuela.

Silêncio

Nicoletti, que se auto intitula o deputado da segurança pública tem se mantido em silêncio a cerca dos recentes escândalos envolvendo policiais militares em Roraima. Um desses casos, inclusive, o investigado fazia parte da equipe de segurança do governador. Defensor da moral e dos bons costumes, Nicoletti se calou. E, em nenhum momento declarou ser contra qualquer ato que não condiz com a conduta de um policial. E olha que o parlamentar é um policial rodoviário.

Vistoria 1

O Detran Roraima agora obriga proprietários de veículos, que estão com o IPVA atrasado por mais de 90 dias, a pagar vistoria. O dono do veículo só recebe o documento se o mesmo passar por uma vistoria. Contudo, o estranho é que isso foi definido por meio de portaria. Mas teria que estar previamente definido em lei. Isso porque, para criar essa nova obrigatoriedade, teria que estar amparada em lei. E não em portaria como aconteceu.

Vistoria 2

Um leitor da Roraima Alerta enviou mensagem nesta segunda-feira para avisar que agora o Detran publicou uma nova portaria. Desse modo, ficou definido que o Detran não realizará mais vistoria. Somente as empresas credenciadas poderão oferecer o serviço. Vale lembrar que, enquanto uma vistoria no Detran custa R$ 60, nas empresas custa entre R$ 120 e R$ 160. Quem está ganhando com tudo isso?

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x