Ministério Público Federal pede indenização coletiva de R$ 1 milhão por governador chamar Yanomami de ‘bichos’

A Justiça existe para botar limites em pessoas que acham que, por terem poder, podem falar e fazer o que bem entendem livremente

Ministério Público Federal pede indenização coletiva de R$ 1 milhão por governador chamar Yanomami de ‘bichos’
Antonio Denarium – Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Indenização

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação contra o Estado devido ao governador Antonio Denarium ter chamados os Yanomami de ‘bichos’. Os comentários discriminatórios ocorreram em entrevista ao jornal Folha de São Paulo no dia 29 de janeiro deste ano. Isso em plena crise humanitária que os indígenas enfrentavam. Além disso, os olhos do mundo inteiros estavam voltados para Roraima após a visita do presidente Lula. Por conta das declarações, o MPF abriu investigação e agora ajuizou ação pedindo retratação o indenização coletiva de R$ 1 milhão.

Folha de São Paulo confirmou

De acordo com o MPF, o escritório jurídico da empresa Folha da Manhã S.A., responsável pela edição do jornal Folha de São Paulo, declarou possuir todos os registros pertinentes à comprovação do quanto descrito na matéria. Ou seja, o jornal tem como provar o que o governador falou e vai colaborar (ou já colaborou) com a Justiça. E assim, o jornal cumpre duas vezes com seu papel que é informar e colaborar com a sociedade. Nesse caso, colaborou com os Yanomami, uma etnia de extrema importância para a história e cultura do país.

Pegou pesado na Veja

Como se não bastasse as falas discriminatórias do governador na Folha de São Paulo, ele conseguiu fazer ainda pior na Veja. O MPF destacou que Denarium confirmou as declarações em nova entrevista. Quem leu a entrevista percebeu o total despreparo do governador para falar sobre o assunto. Quando questionado sobre as declarações, ele disse que nunca comparou indígena com bicho e que foi apenas uma força de expressão. Disse ainda que, para ele, os indígenas são “iguais a nós”. O governador também disse que janta com com eles, dança e abraça eles. Enfim, Denarium é daqueles que quanto mais se explica, mais se complica. Aqui está o link para quem quiser conferir a entrevista na íntegra.

Retratação

O MPF requer que o pedido de retratação pelo governador seja feito meio de vídeo com manifestação oral. E este deve ser divulgado nos sites oficiais e redes sociais do Governo do Estado de Roraima. E isso faz total sentido, pois ele é o representante número um do Estado. Não pode sair por aí fazendo declarações discriminatória contra indígenas ou quem quer que seja. Ele deve sim se retratar e pedir desculpas publicamente.

Destino da multa

Conforme o MPF, a multa deverá cair em conta vinculada à Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai). A Funai deverá aplicar em ações administrativas a favor dos povos da Terra Indígena Yanomami, conforme plano que o MPF irá acompanhar e com consulta aos povos atingidos. Justo.

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x