O discreto retorno de Jalser Renier na Assembleia

O retorno de Jalser Renier nessa quarta-feira (13) na Assembleia Legislativa não correspondeu às expectativas, pois todos esperavam discurso de autodefesa do deputado

O discreto retorno de Jalser Renier na Assembleia
Jalser é acusado de ser mandante do sequestro do jornalista Romano dos Anjos – Foto: Reprodução/Facebook/Jalser Renier

O retorno de Jalser

O retorno de Jalser nessa quarta-feira (13) na Assembleia Legislativa não correspondeu às expectativas. Quem conhece o famoso “menino de ouro” de Roraima esperava discurso, autodefesa e muito barulho como ele costuma fazer. Jalser chegou, cumprimentou algumas pessoas e assistiu à sessão. Depois de oito meses sem aparecer na Casa, o deputado não chamou muita atenção e seu retorno foi bem discreto mesmo.

Ofuscado

Parece coisa combinada. O retorno de Jalser foi ofuscado pela presença do empresário Walker que, segundo fontes, é grande amigo do deputado. O empresário tem se envolvido em uma confusão com o deputado Renato Silva. E ontem esteve na ALE-RR para insulta-lo, fato transmitido ao vivo tanto pela TV ALE como pelas redes sociais da Casa. O empresário chamou mais atenção que o retorno de Jalser Renier.

Expulsão

Depois dos insultos, o deputado Renato Silva solicitou ao presidente da ALE-RR Soldado Sampaio para determinar a retirado do empresário do plenário. Sampaio atendeu ao pedido prontamente e os seguranças expulsaram Walker que saiu falando frases comprometedoras sobre Renato. Enquanto isso… Jalser quietinho no canto dele. Agora a pergunta: Por que Walker está tão revoltado com Renato Silva?

Cobrança

Durante a sessão o deputado Nilton Sindpol que se diz independente, mas tem foto de Denarium no perfil, fez cobranças sobre as cirurgias eletivas no HGR. Isso porque ele ainda nem sabia que as cirurgias eletivas estão novamente suspensas por falta de material. Ele disse que Denarium está fazendo uma grande gestão, mas precisa dar mais atenção à saúde. Todos sabem que Nilton se posiciona assim para que os eleitores acreditem que ele é realmente independente. Se ele estivesse realmente preocupado em cobrar melhorias na saúde, visitaria as unidades hospitalares para ouvir dos próprios pacientes e profissionais de saúde a falta de tudo.

Cirurgias suspensas de novo?

Um paciente que está no HGR há duas semanas entrou em contato com a coluna para denunciar que as cirurgias eletivas estão novamente suspensas na unidade. Ele precisa de uma cirurgia ortopédica para voltar a trabalhar, mas segundo informações recebidas no hospital, não há material suficiente e a prioridade são as emergências. De acordo com a Sesau, a denúncia não procede. Assim como faz com todas as denúncias, a Sesau dá entender que os pacientes é que são mentirosos, pois eles sempre negam a falta de tudo.

Dia das Crianças

Em vésperas de eleições tudo se vê em Roraima. Depois de passar três anos dizendo que iria trabalhar para acabar com a dependência do povo do Governo, Denarium mudou radicalmente. No Dia das Crianças ele entregou brinquedos no Parque Anauá, contradizendo todo o seu discurso. Passou quase toda a gestão sem mover um dedo para fazer um evento assim, mas perto das eleições mudou radicalmente de ideia.

Entrega de cestas e vírus

Do mesmo modo ocorreu com as aglomeradas entregas de cestas básicas (e coronavírus). Apesar de ser contra qualquer doação de Governo para o povo, ao chegar perto das eleições Denarium resolveu doar cestas básicas para o povo. Só que, para isso, mesmo no pico da pandemia, o governador e sua cunhada da Setrabes reuniam milhares de pessoas em quadras de escolas para entregar os alimentos. A preocupação dele com a transmissão de vírus era zero (e ainda é). O que ele queria mesmo era fazer seu prolongado discurso para dizer que está pagando as contas dos Governos passados. Agora vamos esperar eventos de Natal, Reveillon, aumento de salários e benefícios que ele nunca deu para os servidores… Enfim, daqui para o próximo ano, Denarium vai querer fazer tudo o que era contra e não fez nesses três anos de gestão só para angariar votos para a reeleição.

Mudança radical

Até mesmo a esposa de Denarium, que nunca quis assumir a Setrabes para tomar a frente dos trabalhos e projetos sociais, agora quer aparecer. Desse modo,  a Secretaria que o Governo criou especialmente para ela não faz sentido algum, pois na Setrabes já tem projetos de inclusão social e Simone Denarium nunca quis assumir esse trabalho. Do mesmo modo, também nunca se comoveu com os servidores que não recebem aumento desde 2015. Enfim, falta gora só baixar o espírito da medicina em Denarium e ele resolver todos os problemas da Sesau antes das eleições.

O perigo

O perigoso disso tudo é Denarium conseguir convencer o povo de sua “mudança” e reelege-lo. Depois disso, ele volta a ser o mesmo de antes, ou até pior, pois não precisará mais dos votos de ninguém.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x