OPINIÃO: Denarium pode ser cassado pelo mesmo crime eleitoral que Flamarion

Nas eleições de 2002, Flamarion aumentou o valor do vale alimentação; Em 2022, Denarium aumentou o número de beneficiários do Cesta da Família de 10 mil para 50 mil

OPINIÃO: Denarium pode ser cassado pelo mesmo crime eleitoral que Flamarion
Antonio Denarium, governador de Roraima – Foto: Reprodução/Redes Sociais/Antonio Denarium

Cassação

O governador Antonio Denarium pode ter o mandato cassado pelo TRE-RR na próxima segunda-feira (26). A ação já tem dois votos e faltam cinco juízes emitirem seus votos. Em 2024, Flamarion Portela foi cassado por crimes eleitorais similares aos que Denarium é acusado. Do mesmo modo, ele usou programas sociais do Governo para se promover politicamente. E isso lhe deu muita vantagem nas eleições em detrimento dos outros concorrentes.

Casa Civil

Flamarion aumentou o valor do vale alimentação, concedeu anistia de débitos habitacionais de imóveis vendidos pelo extinto Banco de Roraima. Tudo isso em período de campanha. Flamarion é hoje o secretário-chefe da Casa Civil do governo de Denarium, que responde processo eleitoral com pedido de cassação por entrega de cestas básicas para 50 mil famílias no ano das eleições.

Exclusividade

Ainda sobre a esclarecedora entrevista da advogada especialista em Direito Eleitoral Hanna Gonçalves na Rádio 93 FM, ela explicou que o governador Antonio Denarium, para justificar a entrega de cestas básicas em ano eleitoral, tentou ‘instalar’ estado de calamidade em Roraima por meio de um decreto, sob alegação da pandemia de Covid-19. O Roraima em Tempo mostrou isso com exclusividade  no dia 17 de 2022.

Governo tentou descredibilizar imprensa

O Governo de Roraima chegou a pegar a publicação do jornal e aplicou carimbo de fake news como forma de descredibilizar a notícia. No entanto, de nada adiantou. Pois uma ação na Justiça conseguiu derrubar o estado de calamidade. Isso porque não havia mais pico de pandemia, grande parte da população já estava  vacinada e o próprio governador já tinha assinado decretos que davam indícios do fim da pandemia como a liberação do uso de máscaras.

Contrário

Ao contrário de Denarium, Teresa Surita parece estar despreocupada com a situação jurídica eleitoral. Enquanto Denarium responde por uma gama de processos pelas eleições de 2022, sendo que 8 deles podem culminar em cassação, Teresa tem processos arquivados. O de ontem, por exemplo, o PV foi quem entrou com a ação, no entanto, não apresentou provas necessárias.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x