Políticos trocam agressões, mas quem apanha mesmo é a população

Nossos representantes estão mais interessados em (às vezes literalmente) lutar por poder e dinheiro, que esquecem daqueles que realmente deveriam defender: a população

Políticos trocam agressões, mas quem apanha mesmo é a população

Quem apanha é a população

Impossível deixar de comentar sobre o que aconteceu ontem. A troca de cadeiradas entre o deputado Jorge Everton e o ex-deputado Jalser Renier é o puro suco da política em Roraima. Nossos representantes estão mais interessados em (às vezes literalmente) lutar por poder e dinheiro, que esquecem daqueles que realmente deveriam defender: a população. Os “memes” que rodam na internet desde terça-feira (4) são realmente engraçados, não dá para negar. Mas é importante que, neste momento, as pessoas também reflitam. A briga deles não é por nós. A briga deles é por eles mesmos e por tudo ($$) que eles têm a perder.

4 anos de espera

Recentemente, esta coluna falou sobre os agradecimentos da prefeita de São João da Baliza, Luiza Maura, ao governador Antonio Denarium (PP) pela cirurgia do marido dela. Ela rasgou elogios à estrutura do Hospital Geral de Roraima (HGR) e à equipe (justamente) que realizou o procedimento. Mas essa rapidez e pronto-atendimento muitas vezes só vale quando o paciente é amigo do governador. Esta redação contou ontem (5) a história de Wiliasmar Chagas da Silva, de 37 anos. Ele relatou que aguarda desde 2019 por uma cirurgia de retirada de lipoma facial. São nódulos benignos, mas que se não cuidado, pode se tornar maligno. Wiliasmar chegou a ser encaminhado para o Coronel Mota para realizar o procedimento, mas foi cancelado. Em 2022, ele tentou novamente após o anúncio do Governo sobre a retomada das cirurgias eletivas, mas chegando lá, Wiliasmar teve uma péssima notícia: não tem cirurgião plástico no quadro da Sesau. Até agora ele segue sem respostas.

Desespero

A retomada do julgamento da ação que pode cassar Antonio Denarium (PP) ainda tem data marcada. Mas o desespero é grande na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR). Na última sessão plenária antes do recesso, que aconteceu na terça-feira (4), vários deputados tiraram 1 hora só para apelar à Justiça para que não cassem o mandato do governador. Para eles, isso pode causar uma instabilidade política no Estado, esquecendo totalmente o motivo pelo qual ele está sendo julgado: doação de cestas básicas em ano eleitoral. Se for comprovado abuso de poder político e econômico por parte de Denarium, ele deve SIM ser cassado. E cabe à Justiça decidir.

R$ 15 milhões

No mesmo dia, os deputados também aprovaram um pedido especial do governador Antonio Denarium: a abertura de crédito no valor de R$ 15 milhões para a reforma da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth. Isso mesmo, esta que está em obra há mais de 2 anos. Vale lembrar que em março deste ano, o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião, afirmou que os recursos para a reforma da unidade foram “perdidos”. Eram quatro emendas parlamentares no total de R$ 17 milhões dos deputados Mecias de Jesus e Nicoletti. No entanto, o Estado não executou as verbas.

Pedidos de informações

Tem coisas que não dá para ignorar. A Casa Legislativa aprovou ainda três pedidos de informações direcionados à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc). Dois deles tratam sobre possível fraude no concurso da Polícia Penal e a extinção da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap). O requerimento questiona o secretário Hércules da Silva Pereira, por exemplo, sobre a remoção dos servidores antigos da divisão e a mudança no número telefônico da Dicap. Do mesmo modo, pede ainda informações sobre as possíveis irregularidades na análise de recursos e da avaliação psicológica dos concursos públicos organizados pelo Instituto AOCP. Outro pedido de informação encaminha 21 questionamentos à Sejuc sobre o andamento do Projeto Renascer. O programa auxilia no processo de ressocialização de presos do sistema prisional. Assim, o documento visa saber quais oficinas e atividades estão em desenvolvimento, bem como sobre as verbas arrecadadas pelo projeto.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x