Roraima tem um governador cassado, um prefeito preso e um presidente de Câmara investigado por tráfico de drogas

Os eleitores roraimenses precisam fazer uma análise e repensar nos critérios para escolher seus representantes; ultimamente é escândalo atrás de escândalo e as pessoas parecem achar isso tudo normal

Roraima tem um governador cassado, um prefeito preso e um presidente de Câmara investigado por tráfico de drogas
Políticos de Roraima – Foto: Reprodução

Eita Roraima velha!

Roraima vive um momento lamentável na política. O governador cassado, um prefeito preso, um senador famoso pelo dinheiro na cueca. Além disso, tem o presidente da Câmara de Boa Vista alvo de operação de combate ao tráfico de drogas. Um outro senador já tem condenação da Justiça federal pelo escândalo dos gafanhotos e o terceiro não tem utilidade nenhuma para o povo de Roraima e só pensa em seus interesses com contratos no Governo de Roraima. Uma tristeza para um Estado tão pequeno que poderia ser exemplo de boas ações políticas.

ALE-Roraima

Isso sem falar nos nossos representantes na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR). Grande parte ali também só pensa em seus próprios interesses. Até mesmo quem é novato ali já demonstra isso. Como por exemplo o Dr Cláudio Cirurgião que entrou no começo desse ano mostrando os dentes para o governador, parecendo que ia ser um defensor do povo na área da saúde. No entanto, parou de fazer questionamentos, de fiscalizar a maternidade de lona, o HGR. Do mesmo modo, parou de pedir esclarecimentos dos secretários do Governo. Enfim, agora também vai fazer de conta que não existe problema na saúde e dizer que Denarium é um excelente governador e que está resolvendo tudo. Aliás, ele já disse isso quando o TRE-RR cassou o mandato do governador.

Prisão

Aquele que já foi o prefeito mais jovem do país e que tinha tudo para ser um grande destaque na política local, hoje está preso na Penitenciária de Monte Cristo. Pedro Henrique, filho de conselheiro do Tribunal Contas, o Henrique Machado, deixou para trás um futuro promissor. Sujou o nome e perdeu a oportunidade de mostrar que é diferente. Pelo contrário. Ele se mostrou exatamente igual. Uma pena.

Julgamento 1

Na segunda-feira o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RR) retoma  julgamento da ação que pede a perda do mandato do vereador Adjalma Gonçalves. O político alega perseguição do senador Mecias de Jesus. Conforme Adjalma, ele teve que sair do partido de Mecias pro falta de apoio e por uma série de situações que configurava perseguição. No entanto, Mecias quer a vaga na Câmara, pois entende que a vaga é do partido e não de Adjalma. Por conta disso, entrou com ação acusando o vereador de infidelidade partidária. Aguardemos.

Julgamento 2

O TRE-RR também vai julgar um recursos do deputado Chico Mozart. O parlamentar é acusado de prometer bolsas de cursos para alunos, em troca de votos nas eleições de 2014. No período, Chico informou que as promessas estavam de acordo com propostas de políticas públicas, justificando ainda que estava tudo regularizado. O Tribunal cassou o mandato e ele recorreu. Desse modo, ele pode perder a vaga na ALE-RR.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x