Roraima mantém maiores preços do país para gasolina, etanol e diesel

Valores altos Como se já não bastasse as taxas de energia elétrica nas alturas, a gente também tinha que pagar mais caro pela gasolina. Conforme um levantamento realizado pelo Índice de Preços Ticket Log, Roraima registrou no mês de dezembro o maior preço médio do país para os combustíveis.  Neste mês, o estado teve um […]

Roraima mantém maiores preços do país para gasolina, etanol e diesel
Posto de gasolina em Boa Vista – Foto: Yara Walker/Arquivo Roraima em Tempo

Valores altos

Como se já não bastasse as taxas de energia elétrica nas alturas, a gente também tinha que pagar mais caro pela gasolina. Conforme um levantamento realizado pelo Índice de Preços Ticket Log, Roraima registrou no mês de dezembro o maior preço médio do país para os combustíveis.  Neste mês, o estado teve um aumento no preço da gasolina, que chegou a R$ 5,89. Da mesma forma, o etanol chegou a R$ 5,34 e o do diesel está em R$ 8,05. Dessa forma, a região Norte fechou os 15 primeiros dias do mês de dezembro com o preço médio mais caro do Brasil.

Falta de água

Além disso tudo, ainda também temos que pagar caro por um serviço de péssima qualidade como faz a Caer. Mais uma vez, essa redação recebeu a reclamação de um morador, dessa vez, do Nova Vida. Ele denunciou a falta de água e inundação na rua Gaivota. O homem disse que mora no local há três anos e que a situação sempre foi precária. Até quando os roraimenses precisarão se humilhar para ter suas necessidades básicas supridas? O que era para ser de direito, está sendo negligenciado pelo poder público.

R$ 5 milhões

Enquanto isso, o Governo do Estado paga uma fortuna para uma empresa fornecer estrutura para realização de eventos. Conforme o extrato de contrato divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE), a firma deve fornecer palco, som e iluminação. Por outro lado, a publicação não detalha sobre a vigência do contrato. O que é mais importante? É preciso que o governador coloque na balança. Água, energia elétrica, combustível em valor acessível? Ou estruturas de eventos? Eu fico com os três primeiros.

‘Expostos à violência’

Outro problema é a falta de segurança. Anteriormente, esta redação havia publicado dados Fórum Brasileiro de Segurança Pública onde Roraima aparece com a segunda maior taxa do país em casos de estupros de mulheres e meninas no primeiro semestre desse ano. O Ministério Público de Roraima recomendou à Seed e ao gestor da Escola Estadual Militarizada Irmã Maria Teresa Parodi, para que no ano letivo de 2023, a unidade disponibilize aos alunos vagas em turmas durante o período matutino e vespertino. Isto porque a unidade só oferta aulas do ensino regular durante o período noturno, assim expondo os adolescentes à violência, uma vez que a escola está localizada em um bairro considerado perigoso.

Adicional de qualificação

Agora vamos falar de Saúde: o Sindicato dos Trabalhadores de Saúde (Sintras) está cobrando que Governo de Roraima agilize o processo para a publicação da portaria que concede aos servidores adicional de qualificação. Em um vídeo publicado no Instagram, a presidente do Sintras Marceli Carvalho, criticou a demora que limita de diversas maneiras os profissionais em receber suas conquistas. Ainda conforme Marceli, o Sindicato solicitou diversas vezes do Governo respostas para saber o motivo da demora para a publicação da portaria. No entanto, não foram atendidos.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x