Secretária de Saúde vai à ALE-RR e deputados tratam escândalos de corrupção, operações da PF e pedido de impeachment com indiferença

Parlamentares se limitaram a penas a cobrar a execução de suas emendas na Sesau; por que será?

Secretária de Saúde vai à ALE-RR e deputados tratam escândalos de corrupção, operações da PF e pedido de impeachment com indiferença
Reunião de parlamentares com secretária da Sesau – Foto Eduardo Andrade/ALE-RR

Ignoraram

A secretária de saúde do Governo, Cecília Lorezon, esteve na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (27), após convocação dos deputados. Os parlamentares se limitaram a cobrar a execução de suas emendas na Sesau e nada mais. O encontro seria uma bela oportunidade de os deputados colocarem em prática o serviço pelo qual foram eleitos para fazer: fiscalizar. Contudo, ignoraram os recentes escândalos envolvendo Cecília e se preocuparam somente em cobrar o que lhes interessa: a execução dos mais de R$ 50 milhões de suas emendas. Por que será, hein?

Ignoraram mais

Os deputados também ignoraram o pedido de impeachment de Cecília protocolado na Assembleia no último dia 12 pelo advogado Marco Lorenzo. Ignoraram ainda que a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Cecília Lorezon há poucos dias, assim como cumpriu na própria Sesau e no HGR. Como os deputados explicam essa total indiferença com o que é feito com o dinheiro do povo?

Conversa de compadres

A situação na assembleia estava mais para uma conversa de compadres do que para uma reunião de comissão para fiscalizar os recursos públicos. Tanto que, a própira Cecília classificou a reunião como excelente. Mas como não achar excelente? Os deputados estaduais simplesmente fecham os olhos para tudo o que acontece que pode prejudicar a população e só cobram o que lhes é conveniente? Qualquer um acharia isso excelente.

Descobre um santo para cobrir outro

O Governo de Roraima publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 21 de setembro, um crédito suplementar de R$ 551.617,00 para a Secretaria de Infraestrutura (Seinf). Conforme a publicação, todo esse dinheiro vai para a manutenção de rodovias estaduais. Mas o curioso é que, para isso, o governador Antonio Denarium tirou essa verba da Setrabes, que seria usada no fomento à geração de trabalho, emprego e renda em Iracema. Ou seja, tirou dinheiro da geração de emprego naquele município para arrumar estradas. Isso reforça a crise financeira no Estado. Tanto que o governador está descobrindo um santo para cobrir outro.

Também tirou dinheiro da Segurança Alimentar

Anteriormente, no dia 17 de agosto, o governador já havia tirado dinheiro da área social para a Seinf. E naquela vez, a retirada foi bem maior. Conforme o Decreto Nº 34.610-E, Denarium anulou R$ 8,4 milhões do fortalecimento da Política de Segurança Alimentar e Nutricional da Setrabes para manutenção de estradas na Seinf. Essa retirada de verba de uma secretaria para outra só acontece quando o dinheiro está ficando escasso. Mas, segundo a assessoria do Governo, não há crise.

Tirou da Faper para a Seed

No mesmo diário, o governador tirou R$ 2,5 milhões da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado e Roraima (Faper) para colocar na Secretaria de Educação (Seed). Esse valor, que seria para promoção da pesquisas científicas, foi para a manutenção da educação básica. Ou seja, Denarium está fazendo uma verdadeira ginástica contabilística para manter o básico do básico nas escolas.

Estranho

A mais estranha de todas foi a retirada de verbas de várias secretarias para mandar para a tender a Educação para o Trânsito no Detran. Departamento este dirigido por Andreia Nicoletti, irmã do deputado Nicioletti. Foram R$ 5,3 milhões retirados da a Política de Segurança Alimentar da Setrabes, de ações de informática da Secretaria de Comunicação (Secom), da Manutenção de serviços administrativos também da Secom. Denarium retirou dinheiro de serviços básicos do Iater, Casa Civil, Seplan e PGE. Contudo, R$ 2 milhões desse valor, foram retirados da amortização de encargos de financiamento da dívida interna do Estado.

Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x