Senador da República ganha contratos milionários no Governo e mantém família empregada no 1º escalão

Recentemente, um contrato que seria de R$ 30 milhões, subiu “misteriosamente” para R$ 56 milhões na hora da assinatura; depois de denúncia na imprensa, Sesau publicou errata corrigindo o valor para R$ 8 milhões

Senador da República ganha contratos milionários no Governo e mantém família empregada no 1º escalão
Hiran Gonçalves com a esposa Gerlane Baccarin e o governador Antonio Denarium – Foto: Reprodução/Facebook

Só ganha do Governo

A empresa do senador Hiran Gonçalves (Progressistas) ganhou mais um contrato milionário na Secretaria de Estado da Saúde de Roraima (Sesau). Inicialmente, o valor seria de R$ 30 milhões, conforme documento publicado no Diário Oficial do Estado (DOE-RR). Hiran fez até vídeo e publicou no Instagram tentando desmentir a imprensa após a veiculação da notícia. Ele até enredou um adversário político na explicação em uma tentativa de tirar os seus R$ 30 milhões do foco.

Subiu para R$ 56 milhões misteriosamente

O interessante é que, de uma forma bem misteriosa, a contratação subiu de R$ 30 milhões para R$ 56 milhões, conforme consta na assinatura do contrato que aconteceu no dia 9 de novembro. Esta coluna, inclusive analisou o processo de contratação por várias vezes e não identificou nenhum documento que mostre onde esse valor subiu tão exponencialmente. Não tem sequer uma justificativa para isso. E venhamos e convenhamos que, a secretária Cecília Lorezon, assim como a administradora da empresa de Hiran, a Geysa Baccarin, não assinaram esse contrato sem verificar o valor, não é?

Errata

Somente depois de divulgação do contrato milionário neste portal, é que a Secretaria de Saúde publicou uma errata onde explicou que, na verdade, o valor da contratação é de R$ 8 milhões. Ou seja, como que na hora de assinar o contrato, a secretária e a cunhada de Hiran não verificaram o valor? Quem assina contrato milionário sem olhar se o valor está correto? Não é nada menos que R$ 48 milhões de diferença. Os órgãos de fiscalização precisam investigar os contratos de Hi8ran Gonçalves no Governo de Roraima. Ele é um senador da República, eleito sob forte discurso moralista e ainda usando a imagem de Jair Bolsonaro em Roraima. O ex-presidente até gravou vídeo pedindo voto para Hiran em 2022. Então, o mínimo que ele precisa fazer é dar exemplo.

Família no Governo

Mas é realmente muito difícil esperar exemplo de moralismo de Hiran Gonçalves, sendo que ele tem a esposa nomeada no Governo como secretária com salário de R4 30 mil. E como se não bastasse, o seu filho, o Hiranzinho, também é secretário no Governo Denarium, mas como adjunto com salário de R$ 24 mil. O cunhado de Hiran, o Juliano Bacarim, foi recentemente nomeado como adjunto da Secretaria de Licitações. E não para por aí. O tesoureiro de seu partido, Alselmo Menezes, ocupa há cerca de 3 anos o cargo de secretário de Administração. O que esperar?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x