Sesau: R$ 7,5 milhões para empresa de eventos; Secult: R$ 8,8 milhões para arraial; pacientes do Estado: ZERO

Governo também abriu crédito de R$ 3 milhões para a Assembleia; e assim continua a ‘festa’ com o dinheiro público enquanto pacientes não sabem nem se vão receber atendimento

Sesau: R$ 7,5 milhões para empresa de eventos; Secult: R$ 8,8 milhões para arraial; pacientes do Estado: ZERO
Governador Antonio Denarium/Foto:Reprodução/Facebook/Antonio Denarium

Farra

Ao que tudo indica, não é só o governador Antonio Denarum e a secretária Cecília Lorezon que vêm ‘fazendo a farra’ com dinheiro público. Ontem o Roraima em Tempo teve acesso a um documento que mostrou que a Assembleia Legislativa contratou uma empresa especializada em ensino presencial e à distância (EAD) pelo valor de R$ 9,1 milhões.  E não é de hoje que Soldado Sampaio vem fechando contratos e mais contratos milionários. E isso tudo depois que o governador mandou cerca de R$ 60 milhões de excesso de arrecadação para a ALE-RR.

Mais dinheiro e esperteza

No Diário Oficial do Estado do dia 5 de julho, o governador Antonio Denarium enviou mais R$ 3 milhões para a Assembleia Legislativa. Isso em crédito suplementar, por meio do decreto. Mas acontece que o decreto não especifica qual a modalidade de crédito suplementar. E isso é obrigatório. Tanto para o acompanhamento do público como para a fiscalização dos órgãos. Inclusive do TCE, onde está a esposa do governador. Por que será que o governador não deu transparência a essa abertura de crédito para a ALE-RR?

Jalser continua cassado e inelegível

A saga de Jalser Renier continua. E no episódio dessa semana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve o ex-deputado cassado por quebra de decoro parlamentar e inelegível. Renier respondeu a um processo disciplinar por acusação de sequestro e tortura do jornalista Romano dos Anjos. Ele então recorreu ao órgão federal em fevereiro deste ano, onde sua defesa alegou irregularidades no processo administrativo. No entanto, o ministro Gurgel de Faria entendeu que a decisão cabe apenas ao legislativo.

Mais farra

Ontem no Diário Oficial a Sesau publicou a renovação de contrato com uma empresa de eventos por R$ 7,5 milhões. O contrato inclui montagem e desmontagem de estruturas como palcos, arquibancadas, camarotes, bem como iluminação, telões de LED, show pirotécnico e afins. O contrato agora vale por mais um ano. Enquanto isso, a Sesau não paga o tratamento de pacientes renais. Mas a pergunta é: Por que a Sesau investe todo esse dinheiro em empresa de eventos?

Vergonha

A organização do Governo de Roraima no arraial do Parque Anauá todo ano é uma vergonha. Ontem, por exemplo, no primeiro dia de festa, já era 19h30 e ainda tinha parte do local sem iluminação. Os ambulantes começaram a chegar para organizar os produtos, mas não tinham como fazer isso. E olha que Denarium está pagando R$ 8,8 milhões somente para uma empresa montar a estrutura do evento.

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x