Telmário promete reunião entre Denarium e Lula, mas não consegue ser recebido pela equipe de transição

O senador, assim como o governador, passou toda a campanha eleitoral afirmando ser bolsonarista

Telmário promete reunião entre Denarium e Lula, mas não consegue ser recebido pela equipe de transição
Telmário Mota – Foto: Agência Brasil

O senador Telmário Mota (PROS), que não foi reeleito este ano, prometeu articular um encontro entre o governador Antonio Denarium (PP) e o presidente eleito Lula (PT).

Mas acontece que Mota passou a eleição toda afirmando que é Bolsonarista, assim como Denarium. E ao que tudo indica, ele está encontrando dificuldade para ser recebido pela equipe de Lula.

De acordo com fontes da coluna, ele tenta a todo custo marcar uma reunião entre o governador e o presidente eleito. Contudo, a equipe de Lula não está atendendo ao seu pedido.

Outro ponto que distancia muito Telmário da ideologia política de Lula é que ele defende desmatamento na Amazônia. Ele até chegou a fazer uma carta pedindo a demissão de um delegado da PF que apreendia madeira ilegal de Roraima no porto do Amazonas.

O delegado Alexandre Saraiva fez e ainda faz várias publicações nas redes sociais relacionadas ao senador de Roraima. Em uma delas, publicou um vídeo em que, segundo ele, Telmário lhe faz ameaças. Em outra, compartilhou uma matéria que relatava a possibilidade de o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales seria candidato ao Senado pelo Amapá. O delegado juntou a foto de Sales com a de Telmário e Mecias e disse que seria a “bancada de satanás”.

Wapichana

Aqui em Roraima, a representante nº1 de presidente eleito é Joênia Wapichana. O que pode dificultar ainda mais a proximidade de Telmário com Lula. Pois Joênia defende veemente a preservação de meio ambiente. Além disso, está cotada para assumir o futuro Ministério dos Povos Originários.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x