Trava estava aberta: bebê recém-nascida cai de incubadora na Maternidade de Roraima e bate a cabeça

Pais do bebê não estavam na maternidade no momento do acidente. Quando chegaram, receberam a informação, que foi confirmada por testemunhas; criança foi diagnosticada com fratura extensa no crânio

Trava estava aberta: bebê recém-nascida cai de incubadora na Maternidade de Roraima e bate a cabeça
Fachada da maternidade – Foto: Yara Walker/Arquivo Roraima em Tempo

Circula na internet a notícia de que um bebê recém-nascido caiu de um incubadora na Maternidade Nossa Senhora de Nazareth. O pai da criança denunciou a situação, que aconteceu no dia 1º de julho, à imprensa.  

Segundo o relato, a criança estava internada na UTI da unidade, junto com o irmão gêmeo. Os pais do bebê não estavam presentes na maternidade no momento do acidente. Quando chegaram ao local, eles receberam a informação de que o filho havia caída da incubadora, o que foi confirmado por testemunhas. 

As pessoas que viram a cena, disseram que a trava de segurança estava aberta, então o bebê rolou e caiu no chão. Os pais então resolveram levar a criança ao Hospital Geral de Roraima (HGR). Lá, ela recebeu o diagnóstico de fratura extensa no crânio. 

Essa coluna entrou em contato com o Governo do Estado para posicionamento e aguarda retorno. Por meio de nota, a direção geral do Hospital Materno Infantil informou que não houve formalização de denúncia relacionada ao fato junto à Ouvidoria. Contudo, a unidade iniciou uma investigação para apurar o que aconteceu e, assim, tomar as medidas cabíveis.

Denúncia de bebê com clavícula quebrada 

No início deste mês de julho, esta redação recebeu uma denúncia parecida com a citada acima. Um bebê teve a clavícula quebrada durante o parto na Maternidade Nossa Senhora de Nazareth. Conforme o pai, a criança era grande e a mãe não tinha passagem suficiente. Desse modo, o mais indicado seria a cesariana. No entanto, após insistência no parto normal, a clavícula da criança quebrou. Depois disso, os pais procuram ajuda na unidade para resolver a situação. No entanto, um médico informou que não poderia fazer nada a não ser passar uma dipirona. Ou seja, além do descaso, fazem pouco caso.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x