Uma ameaça de massacre na penitenciária e pedido de ajuda de familiares de reeducandos

Ministério Público disse que está tudo ok na Pamc, mas denúncias sobre problemas continuam chegando à imprensa

Uma ameaça de massacre na penitenciária e pedido de ajuda de familiares de reeducandos
Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc) – Foto: Arquivo/Roraima em Tempo

(in) Segurança

Bastou a Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) ir embora da Penitenciária de Monte Cristo e começaram os problemas. Primeiramente, agentes penitenciários voltaram a denunciar abusos. E agora, familiares começaram a denunciar problemas e medo. Um bilhete que circula nas redes sociais aponta um possível massacre dentro da unidade prisional. Quem escreveu pediu ajuda dos diretos humanos e citou o massacre que aconteceu em 2016 em que 10 presos foram mortos.

Comida estragada

Outra reclamação dos familiares é sobre a comida. Eles disseram que a alimentação tem chegado estragada. Além disso, os kits de higiene estão chegando incompletos. Do mesmo modo, eles dizem que os medicamentos que eles enviam, não chegam até os reeducandos. De acordo com a Sejuc, tudo está na mais perfeita harmonia na penitenciária.

Só depois de denúncia da imprensa?

Depois de denúncia na imprensa, o Ministério Público resolveu fazer uma fiscalização na comida dos detentos. Conforme o órgão, está tudo na mais perfeita normalidade. Sobre a suposta ameaça de massacre, o MP disse que não procede. O MP também disse que recebeu denúncia sobre as situações. Apesar de ser muita coincidência o MP ir fazer inspeção somente após denúncia na imprensa, o órgão disse que a inspeção ocorreu após de denúncias que chegaram por lá.

Mais insegurança

A noite desta quarta-feira (14) mostrou que a violência em Roraima segue em alta. Um motorista de aplicativo recebeu duas facadas durante um assalto. Os bandidos anda levaram levaram o carro dele. Além disso, um homem capotou uma caminhonete ao fugir da PRF. Os policiais federais perseguiram o homem em atitude suspeita e não deu em outra. Ele levava vários carotes de combustível na carroceria.

Irregularidade

Um advogado denunciou a Prefeitura de Normandia. Conforme ele, há indícios de irregularidades na aplicação da verba da calamidade. Mas o que chama a atenção não é somente a possibilidade de desvio de recursos públicos em nome de uma situação de emergência. É também a reação do prefeito. Ao ser procurado pela imprensa ele se posicionou de forma agressiva. Ao Roraima em Tempo, por exemplo, ele disse que não tinha nada a declarar sobre o assunto, mas que queria direito de resposta, se não procuraria a Justiça. Resposta confusa. Mas qual o motivo da reação? Quem não deve não teme.

Sem comprovação

Esse envio de R$ 70 milhões aos municípios ainda pode ter muita repercussão. É que as Prefeituras receberam seus milhões, no entanto não presentaram nenhuma documentação.

  • Existiu estado de emergência pelas chuvas? SIM!
  • Existiram famílias desabrigadas? SIM!
  • Existiram estradas afetadas? SIM!
  • Mas quantas famílias? Quantas estradas?
  • Além disso, o que justifica os valores enviados para cada município? E a prestação de contas desse muitos milhões?
  • Se nos últimos três anos teve calamidade nos municípios, porque o Governo não enviou um só centavo?
  • E porque enviou tanto dinheiro somente a três meses das eleições?
  • Qual o motivo de apenas os municípios em que os prefeitos apoiam a reeleição do atual governador receberem esses milhões?
  • Qual o motivo da irritação do prefeito de Normandia com a repercussão do caso na imprensa?

 

Enfim, são muitas perguntas.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x