Arthur Henrique sanciona PCCR e salários de agentes de saúde e combate a endemias podem chegar a quase R$ 10 mil

Salário inicial dos agentes passa a ser de R$ 2.824,00 e final de R$ 9.905,38, além de outros benefícios como auxílio fardamento, proteção solar e indenização de transporte

Arthur Henrique sanciona PCCR e salários de agentes de saúde e combate a endemias podem chegar a quase R$ 10 mil
Foto: Ian Vitor Freitas/Roraima em Tempo

O prefeito de Boa Vista Arthur Henrique (MDB) sancionou o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes de Combate às Endemias (ACEs). Agora, os salários podem chegar a R$ 9,9 mil.

A lei regulamenta os vencimentos, garante benefícios, define direitos e deveres para o exercício dos cargos. O objetivo é valorizar os profissionais, além de garantir a melhoria na qualidade de vida e no atendimento à população.

“Essa não é uma revisão de PCCR que a gente está fazendo como das demais categorias. Na verdade é a implantação de um PCCR. A partir de agora, de acordo com o progresso deles, podem chegar até um salário de até 10 mil reais. São 9.900 reais, fora a ampliação de diversos benefícios, como é o caso do auxílio fardamento, de proteção solar e de indenização de transporte”, destacou o prefeito Arthur.

Em fevereiro deste ano, a Prefeitura de Boa Vista contratou 202 ACSs e 29 (ACEs), aprovados no último seletivo. Dessa forma, com a chegada dos novos agentes, a capital passou a ter 669 novos profissionais da área.

“Tenho certeza que vai ser um avanço na carreira desses profissionais. Essa categoria anseia por várias vantagens relacionadas aos benefícios e funções deles. A gente fica muito feliz com essa lei que foi aprovada e sancionada hoje, pelo prefeito Arthur Henrique. A gente espera fortalecer ainda mais o trabalho desses profissionais”, destacou a secretária municipal da Saúde, Regiane Matos.

Benefícios para os agentes

Com a sanção do PCCR, o salário inicial dos agentes passa a ser de R$ 2.824,00 e final de R$ 9.905,38, com jornada semanal de 40 horas. O plano garante progressão com acréscimo de 5% sobre o salário aos agentes que cumprirem o intervalo de dois anos na referência salarial em que estão e que alcancem a pontuação mínima na avaliação de desempenho.

Além disso, o agente ativo poderá concorrer à promoção (acréscimo de 10% sobre o vencimento) após ficar três anos na classe em que está, bem como alcançar pontuação mínima na avaliação de desempenho e atingir a pontuação mínima em cursos de capacitação e ações de desenvolvimento na área de atuação do cargo ou em áreas inerentes.

Para Rayane Sobrinho, agente de endemias há mais de 11 anos, o sentimento é de gratidão pela sanção do PCCR, que valoriza o trabalho dos profissionais da categoria.

“Eu ajudo pessoas, nós ajudamos a população com o trabalho que a categoria realiza. Contribuímos com a saúde do município, auxiliando as famílias no combate a dengue e muitas outras coisas. Esse PCCR é um reconhecimento do nosso trabalho. Vai ser ainda mais gratificante trabalhar nessa área”, destacou.

Por Ian Vitor Freitas

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x