Boa Vista adere ao Movimento Nacional pela Vacinação nas Escolas e inicia articulação com instituições de ensino

Tríplice Viral, Febre Amarela, Penta e HPV estão entre os imunobiológicos ofertados na ação

Boa Vista adere ao Movimento Nacional pela Vacinação nas Escolas e inicia articulação com instituições de ensino
Vacinação – Foto: Giovani Oliceira/SEMUC/PMBV

Para atualizar a caderneta de vacina de crianças e adolescentes, Boa Vista aderiu ao “Movimento Nacional pela Vacinação nas Escolas”. Na ação, que inicia dia 22 de abril, serão oferecidos os seguintes imunobiológicos: Penta, Tríplice Viral, Febre Amarela, HPV, Meningocócica e Poliomielite Inativada e Oral. O público-alvo serão os estudantes do ensino infantil ao médio, com idades entre 2 meses e 15 anos.

Durante a ação, profissionais da saúde percorrerão escolas municipais urbanas, rurais e comunidades indígenas, além de estaduais e instituições de ensino particulares. De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Ana Paula Merval, a Prefeitura de Boa Vista iniciou a articulação com as unidades e se prepara para conversar com pais e responsáveis do público-alvo.

“Nossas equipes de Estratégia Saúde da Família iniciaram visitas nas escolas para tratativas com gestores sobre a vacinação nas unidades de ensino. Nesta semana, vamos trabalhar em reunião com os pais e responsáveis para conversar e explicar sobre a importância do imunobiológico e segurança da imunização. O movimento nas escolas inclui as famílias”, disse.

Nesta primeira etapa do movimento, com início em 22 de abril, a imunização do público-alvo vai atender as escolas municipais e estaduais localizadas na área urbana de Boa Vista. Devido ao ambiente escolar ser um espaço de diálogo e aprendizagem, o Ministério da Saúde apostou na estrutura educacional para aumentar a cobertura ao ofertar imunobiológicos do Calendário Nacional de Vacinação.

Vacinação contra HPV

Em mudança de estratégia, o Ministério da Saúde recomendou aplicação de dose única da vacina contra o HPV a jovens de 15 a 19 anos. Para alcançar o novo público-alvo, profissionais farão busca ativa para imunizar os jovens que ainda não tenham nenhuma dose do imunobiológico contra o HPV.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x