Entidades se unem pela vacinação de jovens contra a Covid-19

Com o slogan “Bora Vacinar?”, a campanha pretende chamar atenção de jovens sobre a importância da vacina contra a Covid-19

Entidades se unem pela vacinação de jovens contra a Covid-19
Mobilização é para chamar a atenção de jovens – Foto: Divulgação/MPRR

O Ministério Público de Roraima (MPRR) e entidades parceiras lançaram nesta quinta-feira (9), a campanha de sensibilização de jovens pela vacinação contra a Covid-19.

Com o slogan “Bora Vacinar?”, a campanha pretende chamar atenção das pessoas com mais de 18 anos sobre a importância da vacina, a fim de controlar a pandemia.

Desse modo, durante o lançamento as entidades apresentaram peças publicitárias que irão divulgadas nos canais de comunicação.

Entres os parceiros está o Governo de Roraima, Prefeitura de Boa Vista, Assembleia Legislativa, Universidade Federal de Roraima, Universidade Estadual de Roraima, Polícia Militar, assim como universidades e escolas particulares.

A procuradora-geral do MPRR, Janaína Carneiro, ressaltou a importância da união de esforços em prol da vacinação.

“Essa campanha é resultado do trabalho de várias instituições que abraçaram essa ideia e isso possibilitou a produção de vídeos, cartazes que tem um único intuito: sensibilizar a população sobre a importância da vacinação para toda a sociedade roraimense”, destacou.

Baixa procura é o motivo

O promotor de Defesa da Saúde, Igor Naves, afirma que a baixa procura de jovens pela vacina é uma preocupação.

“Há pouco tempo estávamos cobrando vacina e hoje está sobrando vacina. Então, a gente precisa vacinar o máximo de pessoas possíveis para que, daqui um ano, nós possamos estar aqui, vivos e saudáveis”, pontuou.

Para a chefe de gabinete da UFRR, pesquisadora e biomédica, Bianca Sequeira, a sensibilização é o melhor caminho para atingir os índices de vacinação previstos.

“É preciso ficar evidente para todos a necessidade de se vacinar, porque sem a vacinação em massa nós não conseguiremos romper com a cadeia de transmissão da Covid-19. Se vacinar é um ato de amor e de saúde pública”, finalizou a pesquisadora.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x