Família de menino que faz tratamento em São Paulo pede ajuda para pagar estadia

Quem desejar contribuir pode doar qualquer quantia através do PIX: (95) 99118-1527

Família de menino que faz tratamento em São Paulo pede ajuda para pagar estadia
Criança sofre de doença no fígado – Foto: Arquivo pessoal

A família de Felipe de Sousa, de 12 anos, que tem cirrose hepática congênita, iniciou uma campanha para pagar a estadia em São Paulo. Ele passou por um transplante de fígado no último dia 2 de agosto no Hospital das Clínicas.

Contudo, após complicações, ele vai passar por um novo procedimento. Para isso, a criança precisa se recuperar da terceira cirurgia em menos de dois meses, e enfrentar uma costura da alça das vias biliares.

De acordo com Lucélia Maia, madrasta da criança, Felipe já luta contra a doença há cinco anos devido à má formação no fígado. Ele foi para São Paulo através do Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

No entanto, devido à burocracia do hospital paulista, eles estão há dois meses sem o benefício. Com isso, os gastos saem do próprio bolso.

“Atualmente, nosso gasto maior é com transporte. A casa de apoio que estamos fica do outro lado da cidade. Dessa forma, gastamos quase R$ 150 quando precisamos buscar roupas e outras coisas para ele. Tem dias que precisamos ir antes do esperado e fica pesado”, diz.

Família precisa comprar medicamentos

Além disso, depois que sair do hospital, Felipe vai precisar tomar medicações que custam mais de R$ 500. A mulher fala que o dinheiro arrecadado também vai servir para comprar estes medicamentos.

“Todo dinheiro doado é dele. Já arrecadamos algumas quantias através de feijoada e rifa, mas como os custos são muito altos, qualquer quantia é bem-vinda, seja 10 centavos ou dez reais”, pede.

Lucélia também lembra que, apesar dos momentos difíceis e das diversas cirurgias, o pequeno Felipe segue com esperanças de, em breve, sair do hospital e voltar para a rotina diária.

“Nosso menino é muito guerreiro. Ele nos dá muita esperança. Quando ele vai para o centro cirúrgico sempre fala: ‘Me espera, que eu já estou voltando’. Sabemos que são cirurgias arriscadas e ele é só uma criança, mas, apesar do medo, sempre estamos com fé em Deus”, diz.

Quem desejar contribuir com a família pode doar qualquer quantia através do PIX: (95) 99118-1527, no nome de Gliciney Miguel de Souza.

Por Samantha Rufino

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x