Funcionários da Clínica Renal fazem paralisação e cobram pagamento de salários atrasados

Documento obtido com exclusividade pela equipe do Roraima em Tempo revela que a Sesau ainda falta pagar 18 notas para Clínica, que somam R$ 9,7 milhões

Funcionários da Clínica Renal fazem paralisação e cobram pagamento de salários atrasados
Foto: TV Imperial

Os profissionais da Saúde que atuam na Clínica Renal de Roraima iniciaram na manhã desta quinta-feira (14) uma paralisação para cobrar salários atrasados e pagamento do piso da enfermagem. Agora, a unidade, que é conveniada do Governo do Estado, funciona com apenas 30% dos funcionários trabalham na unidade, que é conveniada ao Governo do Estado.

Conforme a presidente do Sindicato dos Profissionais do Setor Privado de Saúde, Joana Gouveia, a paralisação ocorrerá por tempo indeterminado.

“A informação que a gente teve é que, só esse ano, é a terceira vez que está tendo esses atrasos […] Vale ressaltar que está atrasado as férias dos trabalhadores e o salário referente ao mês de novembro. Eles deram férias para os profissionais e não pagaram […] A paralisação segue até que todos os profissionais estejam com os seus salários em conta. Enquanto isso, a gente não vai cessar”, informou.

Dívida milionária

A reportagem teve acesso a um documento que mostra que o Governo do Estado ainda possui um débito de quase R$ 10 milhões com a Clínica Renal. Em outubro deste ano, a empresa enviou um ofício à Secretaria de Saúde para cobrar os valores, conforme o processo SEI de nº 20101.000398/2020.13.

A clínica chegou a suspender os atendimentos a pacientes crônicos em julho por causa da dívida. À época, a empresa enviou um documento à Sesau afirmando que não tinha mais recursos para manter os serviços.

Os pacientes foram transferidos para os hospitais do Estado, que ficaram sobrecarregados com a demanda devido a falta de estrutura.

Outro lado

Procurada, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) afirmou que a manifestação refere-se ao pagamento de piso salarial da enfermagem por parte da empresa que presta serviço e que não há relação de responsabilidade direta por parte da pasta. Contudo, a secretaria não respondeu sobre os débitos em aberto.

O Roraima em Tempo também procurou a Clínica Renal para posicionamento e aguarda retorno.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x