Governo Federal declara Roraima livre da febre aftosa sem vacinação

Com a medida, a vacinação contra a febre aftosa no estado fica suspensa

Governo Federal declara Roraima livre da febre aftosa sem vacinação
Foto: Jonathas Oliveira/Semuc/PMVB

O Governo Federal reconheceu nacionalmente o estado de Roraima como livre da febre aftosa sem vacinação.

A informação está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (25), através de portaria do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

A partir do dia 2 de maio, a vacinação dos rebanhos contra a doença ficará suspensa. Além disso, está proibido armazenamento e comercialização das vacinas contra a febre aftosa, com exceção dos locais autorizados pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO) a desempenharem tais atividades, para comércio com outras unidades da Federação que ainda realizem a vacinação regular dos bovinos e bubalinos.

Também foi suspensa a compra de novos animais para aumentar o rebanho em Roraima. Inclusive a venda desses animais entre os estados até o reconhecimento oficial da Organização Mundial da Saúde Animal. Nesse período, novos animais poderão ser adquiridos apenas de zonas livres de febre aftosa com vacinação para abate ou exportação. Nos dois casos os animais deverão ingressar por locais autorizados pelo Serviço Veterinário Oficial e cumprindo medidas específicas como transporte em veículos lacrados e encaminhamento direto para estabelecimento de abate ou de pré-embarque inspecionados pelos órgãos oficiais.

Na capital Boa Vista

A Prefeitura de Boa Vista iniciou na última semana a campanha de vacinação contra a febre aftosa em comunidades indígenas. A meta é imunizar 3.500 animais no município até o dia 27 de março.

Durante a ação, a prefeitura disponibiliza todo o material para a vacinação e vermifugação dos animais, além de assistência técnica especializada com médico veterinário e técnicos agropecuários da Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAAI).

Fonte: Da Redação com informações da Agência Brasil

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x